7 Coisas que seu Bebê tem muito medo e você não sabia Confira !

Entenda também por que o bebê sente esses medos e como lidar com eles veja!

Assim como os adultos, os bebês também sentem medo. “O medo faz parte do desenvolvimento e é natural aparecer em bebês de poucos meses.

Um bebê de 7 ou 8 meses pode se assustar com pessoas estranhas e chorar, logo depois se esta pessoa tentar pegar ele no colo vai se recusar a ir. Neste caso percebemos que o medo é uma questão de proteção.

PUBLICIDADE

Não sentir medo é perigoso!”, explica a psicóloga e psicopedagoga Cynthia Wood, da clínica Crescendo e Acontecendo.

Os primeiros medos do bebê ocorrem por volta dos 7 meses de vida e podem ser medo de pessoas estranhas ou de barulhos altos como trovões e sirenes.

PUBLICIDADE

“Os bebês são mais sensíveis a barulhos, principalmente os menores de seis meses”, explica a pediatra Flavia Oliveira, da Clínica MedPrimus.

Um pouco antes disso, o bebê também pode sentir o medo de ficar longe da mãe e/ou do pai, conhecido como ansiedade de separação.

A ansiedade da separação no bebê é comum geralmente a partir dos quatro meses de vida e costuma ser bem intensa aos nove meses e tende a acabar por volta dos 12 meses. Trata-se de algo normal no processo de desenvolvimento dos pequenos.
Mas é claro que muitos pais podem estranhar e não entender bem por que seu bebê que antes ia com todo mundo e ficava bem se a mãe precisava dar uma saidinha, de repente começa a estranhar outras pessoas e a querer só a mãe e/ou o pai.

Este medo de ficar longe da mamães ou do papai ocorre porque conforme o pequeno cresce ele começa a entender o quão dependente ele é da pessoa que cuida dele. Isto pode não incluir apenas o pai e a mãe, mas também os avós ou profissionais da saúde que cuidam dele.

Conforme o bebê passa a entender melhor o que ocorre a sua volta, ele começa a não se sentir muito seguro quando fica longe do pai ou da mãe ou de outro cuidador. Isto também pode fazer com que o bebê não goste de alguma situação nova ou de ter que lidar com uma pessoa nova.

Conforme o bebê cresce , ele pode passar a sentir outros meses. “Com 1 a 2 anos pode ocorrer o medo de animais de estimação, medo de insetos, palhaços e Papai Noel.

Aos 3 anos pode aparecer o medo do escuro”, observa Cynthia Wood. Quando está com medo o bebê o demonstra de algumas formas.

“Ele geralmente chora muito quando está com medo e evita as situações ou lugares que tem coisas ou pessoas que o deixam com medo”,

Escrito por Pedro Machado

Apaixonado por marketing digital, colunista em diversos sites e páginas do facebook. Trabalhando como redator autônomo há mais de 5 anos. Contato: [email protected]