Absurdo, mulher de 21 anos se disfarçava de menino para abusar de adolescentes, número de vítima chega a 50

As vítimas pensavam estar se relacionando com um garoto de 16 anos.

Um caso absurdo aconteceu na Inglaterra onde uma mulher se disfarçou de menino, adolescente para abusar de meninas depois que fazia contato com elas pela internet.

A mulher se chama Gemma Watts e fingia ser um garoto chamado Jake Waton de 16 anos. A mulher usava as redes sociais para entrar em contato com as garotas e enviava até fotos íntimas antes de marcar um encontro pessoalmente.

PUBLICIDADE

A mulher tem 21 anos e confessou o abuso de quatro meninas, ela foi condenada e pegou 8 anos de cadeia, no entanto a polícia acredita que suas vítimas ultrapassam o número de 50.

A mulher usava a mesma foto como menino em suas contas nas redes sociais do Snapchat e Instagram, de acordo com as informações da polícia a mulher tinha como alvo preferido meninas de 13 e 16 anos que curtiam seu perfil, a partir daí ela começava a puxar conversa com as adolescentes até marcar um encontro pessoalmente.

PUBLICIDADE

Gemma usava gírias comuns adolescentes e ganhava a confiança das adolescentes enchendo o seu perfil de elogios.

Para disfarçar Gemma prendia os seus cabelos em um coque e usava um boné juntamente com calças esportivas e capuz, se parecendo com um garoto de 16 anos. Informou que as adolescentes que foram vítimas da mulher pensavam que estavam se relacionando com um adolescente até que a polícia informou a elas que Jake na verdade era uma mulher.

Uma das vítimas, um adolescente de 14 anos disse que amava Jake e sentiu o seu peito quase explodir quando a polícia disse que na verdade era uma mulher, seu mundo parou, disse garota depoimento no tribunal.

O juiz disse que a mulher enganou as adolescentes para sua própria satisfação, ela enrolava as meias bens firmes para que as garotas pensassem que era o seu órgão genital.

O juiz disse também que as vítimas foram enganadas inocentemente, envolvidas amorosamente ao ponto de nem perceberem que estavam sendo enganadas.

 

Escrito por Informe Cl

Colunista de notícias dedicada a escrever artigos de qualidade sobre saúde, TV, notícias de grande repercussão, notícias gospel e demais assuntos.