Animador morre após cair de carreta e ser atropelado no Espirito Santo

Infelizmente a festa acabou em tragédia e a alegria da criançada acabou em desespero e choro, a morte já uma realidade difícil de encarar, mas em determinadas situações, elas tendem a ficar ainda pior e mais dolorida para os que ficam. Foi o que aconteceu com esse jovem animador que ganhava seu pão de cada dia em troca das gargalhadas e dos risos sinceros das crianças.

Melino Campos Rocha  foi vitima fatal aos 36 anos de idade, quando trabalhava animando a criançada numa atividade festiva  no bairro Vila Nova, em Ecoporanga, no Espirito Santo, na noite de sexta-feira, dia 29 de março.

PUBLICIDADE

Segundo informa a assessoria de imprensa da Polícia Militar, no momento do acidente Melino estava fantasiado do personagem ‘Fofão’  em uma carreta, em um determinado momento ele se desequilibrou, ficou pendurado na lateral do veiculo mas não aguentou e caiu, no ato da queda, a carreta o atropelou.

Foi tudo muito rápido e todos ficaram em choque. “A morte desse rapaz é uma tragédia muito triste. Principalmente, pelo fato de a vítima ser um trabalhador e alguém que estava apenas levando alegria a crianças e adultos. Sentimos muito”, lamentou o sargento

PUBLICIDADE

O sargento da PM Alecsandro Sousa, que atua em Ecoporanga, contou em reportagem que o animador era mineiro, natural de Governador Valadares, mas estava viajando pelo Espírito Santo junto com a equipe da carreta.

Ainda Segundo o militar,  houve grande desespero as crianças que estavam na carreta e que participavam da recreação passaram mal e foram conduzidas para a emergência do hospital da região, pela ambulância do SAMU.

O corpo do animador foi encaminhado ao Serviço Médico Legal (SML) de Colatina. De acordo com uma funcionária do SML, a mãe de Melino esteve no local para liberar o corpo e estava muito abalada.

Familiares informaram que as cerimônias fúnebres serão realizadas em Governador Valadares, cidade natal de Melino, onde seus amigos e familiares já aguardam a chegada do corpo com muito pesar e tristeza.

 

Escrito por Pedro Machado

Apaixonado por marketing digital, colunista em diversos sites e páginas do facebook. Trabalhando como redator autônomo há mais de 5 anos. Contato: [email protected]