Antes de tirar a própria vida, Menina de 10 anos deixa bilhete dizendo que sua morte faria sua mãe a mulher mais feliz do mundo

"Quem sabe lá no céu você possa me dar um abraço, te amo mãe" disse Evelyn.

Uma criança de 10 anos de idade deveria estar brincando, mas não foi isso que aconteceu com Evely Nicoly, a menina carregava um fardo pesado demais em seu coração e no dia em que decidiu acabar com sua vida, deixou um bilhete para sua mãe com um conteúdo assustador.

Esse caso aconteceu no México, mas comoveu todos quanto ficaram sabendo da triste história de Evelyn, que se sentia culpada por muitas coisas que aconteceram na vida de sua mãe a ponto de pensar que sua morte seria para a mãe um presente.

Evelyn era uma criança que apesar da pouca idade já sofria com muitos conflitos internos, sua cabecinha de criança não conseguiu suportar tanto sofrimento e traumas causados pela própria mãe. Aquela que deveria amar e cuidar da menina vivia dizendo que ela nunca deveria ter nascido, a criança acreditava nessas palavras e afirmava que era a causa de toda ruína que aconteceu na vida de sua mãe e a culpada por seu pai ter ido embora de casa.

O bilhete foi assinado por Evelyn Nicole N. que se suicidou no dia em que se comemora o dia dos “Três Reis Magos”. A criança sentia muita culpa e carregava muita dor em seu coraçãozinho de criança.

Veja o que ela escreveu:

Queridos Três Reis, eu só quero te perguntar se minha mãe será a mulher mais feliz do mundo depois que eu não estiver mais aqui, já que eu sou apenas uma dor e uma ruína em sua vida desde que nasci. Como eu fui o motivo pelo qual meu pai deixou a nossa casa, eu quero pedir para minha mãe ficar calma, não trabalhar muito, o melhor presente que posso pedir é a felicidade dela. Espero que algum dia você se lembre de mim e no céu, finalmente, você me abrace. Eu acho que o melhor presente dos Três Reis é se eu me matar. Como você sempre me disse, eu gostaria que você nunca tivesse nascido. Eu te amo tanto, mãe, eu sei que os Três Reis não existem, mas eu te dou este grande presente”.

A pequena Evelyn se matou e o serviço de emergência foi chamado por volta das às 10h18 do dia 6 de janeiro. Algumas fontes locais disseram que a polícia quer responsabilizar a mãe pela morte da menina.

 

Escrito por Carla Lopes Silva

Colunista em sites de notícias e curiosidades. Adoro escrever sobre todo tipo de assunto. Curiosa por natureza, e amante da internet. Contato: [email protected]