Após 4 décadas verdade sobre menino que morreu em escola particular agredido por professor vem à tona e detalhes chocam

Caso do menino que foi agredido por um professor em escola prestigiada.

Após quatro décadas a verdade sobre o que realmente aconteceu com um menino de 7 anos em uma escola particular vem à tona. Aldo Moroni morreu no ano de 1980 quando frequentava uma prestigiada escola particular católica, a escola St Columba’s College na Escócia.

Quatro décadas se passaram e agora o inquérito foi aberto para desvendar toda a verdade, e foi revelado que um padre que era professor e se chamava David Mckell foi o responsável pela agressão ao menino porque ele teria demorado demais no banheiro.

PUBLICIDADE

Um ex-aluno contou para a polícia que o padre havia abusado sexualmente dele e de outros alunos que estudavam na escola católica. Segundo o ex-aluno os abusos aconteceram muitas vezes e as crianças eram acordados no meio da noite pelo padre para que ele cometesse os abusos e se as crianças recusassem ou chorasse apanhavam, contou Edward que hoje tem 64 anos.

O sobrinho de Edward também estudava na mesma instituição e testemunhou quando o pequeno Aldo morreu. De acordo com o depoimento do sobrinho de Edward o padre começou a bater no garoto e ele gritava muito, de repente uma ambulância apareceu para levar o menino e eles foram em seu velório.

PUBLICIDADE

O Padre responsável pela morte de Aldo faleceu em 1998, ele não chegou a ser condenado, pois o inquérito ainda está em andamento e chegou a ser divulgado pelo jornal britânico Daily Mail.

Casos como esse já foram relatados na TV, muitas vítimas decidiram falar sobre os abusos que enfrentaram em escolas católicas ou seminários, essas vítimas guardaram silêncio por longos anos e conviveram com os traumas sofridos e deixados pela inconsequência de seus abusadores.

Infelizmente o pequeno Aldo morreu na mão do seu algoz, um caso triste, que mostra a realidade enfrentada por muitas crianças em diversas partes do mundo. A maioria prefere se calar por vergonha, prefere o silêncio a se expor e reconhecer que foi vítima da maldade e crueldade de alguém que não conseguiu controlar seus instintos sexuais e acabou molestando crianças inocentes.

Qual sua opinião a respeito desse assunto? Deixe aqui sua opinião para que possamos avaliar uma maneira de sempre melhorar a qualidade de nossos artigos baseado na forma como os nossos leitores tem recebido nossas informações. Nossa prioridade é trazer até você artigos de conteúdos de grande relevância com temas atuais e com clareza e qualidade.

 

Escrito por Informe Cl

Colunista de notícias dedicada a escrever artigos de qualidade sobre saúde, TV, notícias de grande repercussão, notícias gospel e demais assuntos.