Após ser humilhado por desembargador, Guarda municipal relata não conseguir dormir

Segundo o guarda, ele já passou por diversas situações, mas essa com certeza foi a mais surpreendente e constrangedora.

Em uma abordagem ocasionada no estado de São Paulo, o desembargador do tribunal de São Paulo, Eduardo Siqueira humilhou de maneira assustadora um guarda municipal.

No momento da ação, o guarda municipal estava cumprindo com as suas obrigações, conforme recomendado pelas autoridades em relação ao não uso das máscaras facial para proteção do coronavírus.

PUBLICIDADE

O guarda apenas havia pedido com educação para que o magistrado realizasse o uso da máscara conforme estabelecido, sendo assim argumentando come ele.

Um vídeo circula entre os internautas, onde aparece o momento em que o desembargador é abordado pelo guarda municipal, e por ele é possível ver toda a ação.

PUBLICIDADE

Ao analisar as imagens, é possível perceber que Siqueira não gostou nem um pouco de sr abordado pelo guarda, ainda mais de receber uma multa por não querer fazer o uso da máscara.

O guarda municipal identificado por Cícero Hilário, teria sido inesperadamente humilhado após notificar a multa ao desembargador, o que acabou deixando a situação um pouco constrangedora.

Logo em seguida, Siqueira começa a dizer palavras agressivas e humilhante a Cicero, o ironizando e chamando o de guardinha e analfabeto, e ainda completou que o guarda estava afinando em insistir em dar a multa a ele.

Após o vídeo cair nas redes sociais, ele acabou tomando grande repercussão entre os internautas, e obteve diversos debates em questão por causa da situação.

Diversas pessoas se mostraram indignados com a situação, em relação a atitude negativa do desembargador, porém ainda teve aqueles que acharam a atitude do magistrado correta.

Após o ocorrido, o guarda contou que nunca recebeu um pedido de desculpas de Siqueira, e mesmo que recebesse ele não aceitaria de bom agrado.

Além disso, Cicero também relatou que desde que passou por essa situação humilhante com o desembargador, ele não tem conseguido dormir durante algumas noites.

Eduardo Siqueira recebeu uma intimação para comparecer ao tribunal de justiça do estado de São paulo, para dar seu depoimento em relação a sua atitude.

 

 

Escrito por Margareth Santos

Gosto de dedicar uma parte do meu tempo levando noticias e informações através de matérias relacionadas a tudo, inclusive de saúde, culinária, famosos e do mundo da maternidade.