Após testarem positivo para Covid-19, mãe e filha não resistem e morrem apenas com diferença de horas nos EUA

Depois de passarem um tempo sozinhas, juntas enquanto assistiam filmes clássicos mexicanos, iniciaram os problemas respiratórios.

No passado dia 3 de abril, o novo coronavírus, causou mais uma tristeza  entre mãe e filha. Ambas morreram na decorrência de Covid-19, na Califórnia nos Estados Unidos, com apenas algumas horas de diferença uma da outra.

A filha  Ramirez de 54 anos, e mãe, Carolina Tovar, de 86, eram mais que mãe e filha, ambas eram inseparáveis, além de uma grande união, segundo a família. Após contrair positivo para o novo coronavírus, as duas estavam internadas em hospitais separados, mas ambas acabaram por não resistir às complicações da doença, e falecerem com algumas horas apenas, segundo informações do jornal local.

PUBLICIDADE

“É muita ironia do destino, não conseguir separar essas duas guerreiras na vida, e chega o destino e surpreende, fazendo que elas também não sejam separadas após morte”, disse o neto de Tovar e sonho de Ramirez.

Mãe e filha, normalmente passaram um tempo juntas, na cozinha concessionando pratos, e assistindo séries clássicos mexicanos. Quando começaram a ter os primeiros sinais, como os problemas respiratórios, já nos meados de março.

PUBLICIDADE

Logo a seguir, a família levou ambas separadas uma da outra  para a sala de urgência, do St. Jude Medical Center, situado em Fullerton. A primeira a ser submetida a internamento, foi a filha onde de imediato foi colocada com ventilador e após levada para o Centro de Saúde Providente St. John, disse ao jornal.

Apesar de toda a sua luta, ela acabou por ter outras complicações de saúde, informou a agência. “Apenas falei para ela:”Mãe,continue essa batalha. Nós precisamos de você aqui. E queremos muito, que você regresse a casa”, disse a filha de Letty .

Já com a família Tovar, foi diferente, eles foram obrigados a decidir se colocariam em um ventilador.Um desejo que a idosa não queria mesmo quando  ela também passasse mal. Infelizmente os parentes tomaram a dolorida decisão de respeitar o pedido dela, e se reuniram com a ela quando ela deu o seu último suspiro.

“Ela estava pronta para partir, e nós também já estávamos conformados. Ainda estávamos ali falando com ela, dizendo o quanto a amamos, que vamos ficar todos bem, e ela não precisa de seguir com a batalha”, disse Alexis sobre a avó.

Horas depois, o neto recebeu a noticia, que a saúde da avó estava piorando, e ele tomou a dura decisão de removê-la das máquinas, segundo a mesma fonte, Ela morreu apenas com 9 minutos após ser retirado o ventilador que a mantinha com vida.

Logo após, a filha se reuniu de novo, para dividir a mesma perda. “Foi muito doloroso, mas não podemos ficar juntos para nos consular um ao outro”, disse Alexis.

Escrito por Carla Sofia

Sou especialista em Receitas, dicas e saúde! Gosto sempre de estar atualizada de novas receitas e formas medicinais!