Argentinos choram a perda do maior jogador da história do país,” o inevitável aconteceu um choque emocional nacional”

Diego Maradona um dos maiores craques do futebol de todos os tempos morre na manhã de hoje

O jornal O Clarín anunciou a morte de Diego Maradona um dos maiores jogadores de todos os tempos.

PUBLICIDADE

Diego Maradona morreu na manhã desta quarta-feira (25), aos 60 anos de idade após sofrer uma parada cardiorrespiratória, Maradona estava na sua casa em Tigre próximo à Buenos Aires.

PUBLICIDADE

A Argentina parou com a notícia, pois Maradona além de ser muito querido é considerado um ídolo em todo o país, os Napolitanos também estão tristes com essa notícia, pois Maradona foi o protagonista da vitória do Nápole.

A alguns meses Diego não estava bem, chegou a ser internado com anemia e desidratação, depois realizou uma cirurgia no cérebro estava de repouso em casa.

Mas pela manhã passou mal, seis ambulâncias foram chamadas para atender o jogador, mas os médicos não conseguiram fazer mais nada, um dos maiores jogadores de todos os tempos morreu.

Diego Maradona foi campeão mundial pela Argentina em 1986, estreou na seleção aos 16 anos de idade, posteriormente Maradona levou Argentina ao bicampeonato onde ele fez gols que entraram para história.

A carreira de Maradona foi marcada com escândalos e o uso de drogas, ele revelou que passou a usar drogas quando jogava no Barcelona.

O craque de Nápole e Boca Juniors, nutria uma rivalidade com Pelé, sobre quem seria o maior jogador da história.

Algumas frases de Maradona ficaram conhecidas como: “Quando eu morrer, quero voltar a ser jogador de futebol, quero ser Diego Maradona, pois como jogador de futebol já levei alegria para muitas pessoas, isso basta”.

 

Via: uol.com.br

Escrito por Informe Cl

Colunista de notícias dedicada a escrever artigos de qualidade sobre saúde, TV, notícias de grande repercussão, notícias gospel e demais assuntos.