Bebês são devolvidos para os pais biológicos após comprovação de exame de DNA

Os casais estavam morando juntos nos últimos dias pra facilitar a adaptação

Os bebês José Miguel e Murillo Henrique que haviam sido trocados na maternidade do Hospital de Urgências de Trindade (Hutrin) no dia 9 de julho, agora foram devolvidos para seus pais biológicos nesta última quinta-feira (1º).

Após a comprovação do exame de DNA que foi concluída nesta última quinta-feira (1º), foi esclarecido que de fato os bebês haviam sido trocados. Os bebê agora foram devolvidos para os seus pais biológicos.

PUBLICIDADE

A investigações da Polícia Civil sugeriram que as crianças haviam sido trocadas na maternidade após o banho. Segundo a polícia informou, após os bebês retornarem do banho na maternidade eles foram entregues para as mães erradas.

O exame foi divulgado de forma oficial na delegacia de Trindade. Os casais tiveram que comparecer ao local para realizar a troca dos bebês. O primeiro casal a chegar ao local foi Aline Alves e Murill Lobo. Em seguida chegaram Pauliana Maciel e Genésio Vieira.

PUBLICIDADE

A troca dos bebês ocorreu pro volta de 19h, e o momento foi todo marcado por uma grande emoção. As mães das crianças, Pauliana e Aline choraram muito no momento da troca, e precisaram de ser amparadas por familiares que estavam presentes no momento.

Os maridos pegaram as crianças das mãos das esposas e entregaram para as mães biológicas respectivas. Após os bebês terem sido entregues para as mães biológicas os casais precisaram ir até uma sala para que fosse feita a conclusão dos procedimentos necessários.

Nos últimos dias as famílias optaram por morar juntas para garantir uma melhor adaptação. Eles estavam morando na casa de Pauliana em Trindade até o momento em que saiu o resultado do exame de DNA.

Eles optaram por morarem juntos para caso fosse necessário realizar uma transição com a comprovação do exame de DNA.

O delegado André Fernandes comentou a respeito do caso após a comprovação do exame de DNA. Para ele a principal preocupação era com o emocional das famílias envolvidas. Ele conta que uma das avós chegou até mesmo a falar que o sentimento é o mesmo de um velório.

A assessoria do Hutrin informou que o hospital que passou o resultado do exame de DNA para a polícia e que não iria mais comentar a respeito do assunto pois o considera encerrado agora.

 

Escrito por Redator News Hero

Sou especialista em notícias da TV, fofocas de famosos e acontecimentos em geral. Também escrevo sobre acontecimentos no meio político.