Bolsonaro determina que grupo receberá o Renda Brasil

Programa de renda segue em andamento para ser definido por governo.

O governo criou o Auxílio Emergencial apressadamente para tentar ajudar às pessoas que precisavam de ajuda, porque perderam sua renda familiar por conta da pandemia de covid-19 e o auxílio ajudou muitos cidadãos a manterem pelo menos o básico de dentro de uma casa, o programa já foi estendido uma vez e não poderá ser novamente, pois o presidente alega que o governo não tem mais condições de custear com estes gastos.

Mas a criação de um novo projeto está em discussão e pode ser lançado ainda este ano para poder ajudar o povo brasileiro, o nome do projeto é renda Brasil.

PUBLICIDADE

Porém ele ainda está sendo analisado e visa ajudar um grupo determinado de pessoas, como por exemplo pais que não colocam filhos em creche por opção mesmo, e que as crianças estejam entre 0 a três anos, pois o governo não tem como prioridade no momento criar novas creches.

De acordo com o governo, é mais vantagem liberar uma ajuda para os pais manterem as crianças em casa, do que criar novas creches.

PUBLICIDADE

Por conta disso, eles estudam começar a efetuar o pagamento do Renda Brasil a partir de outubro, quando finalizar o pagamento do Auxílio Emergencial e que o Bolsa Família será substituído pelo Renda Brasil.

Por fim, o valor do Renda Brasil ainda está sendo estudado, mas está estipulado que seja em torno de R$250,00 por cada parcela ao mês.

Um investimento de R$ 51,7 bilhões para apenas este grupo específico, pais com filhos de 0 a 3 anos que não querem colocar os filhos em creches. Porém, para um outro grupo específico, a previsão é de que seja investido cerca de R$ 6 bilhões, um valor ainda mais alto que o do programa.

 

Escrito por Redator News Hero

Sou especialista em notícias da TV, fofocas de famosos e acontecimentos em geral. Também escrevo sobre acontecimentos no meio político.