Bolsonaro disse em vídeo antigo: aposentadoria aos 65 ‘é falta de humanidade’

Parece que nem todos ficaram felizes com a idade estabelecia por Bolsonaro.

Internautas ao terem conhecimento da idade minima estipulada por Bolsonaro para a aposentadoria ficaram revoltados, pois circula um vídeo, onde na época, o então Deputado eleito pelo Rio de Janeiro disse que aposentaria aos 65 anos seria uma “falta de humanidade”.

Ora, o que fez o então o presidente mudar de ideia tão abruptamente? Será que antes ele era humano e agora deixou de ser?

PUBLICIDADE

A proposta da reforma foi apresentada no dia (14/2), onde foi confirmado as idades minimas para a aposentadoria, sendo homem 65 e mulher 62.

Bolsonaro fez a declaração que lhe comprometeu com parte de seu eleitorado após Michel Temer o texto da reforma: “… a expectativa de vida no Nordeste está na casa dos 70. Querer aprovar uma reforma com 65 é, no mínimo, uma falta de humanidade. Querer uma contribuição de 49 anos, isto é um crime”, disse o presidente Bolsonaro na ocasião.

PUBLICIDADE

Veja o vídeo onde Bolsonaro considera falta de humanidade a idade minima de 65 anos :

O texto da reforma proposta por Bolsonaro é praticamente a mesma que fora apresentada pelo ex-presidente Michel Temer, que previa idade minima para homens aos 65 e para mulher 62.

O período de transição para que este novo modelo seja aplicado levará em média de 10 a 12 anos. A perspectiva é de que se aumente 6 meses a cada ano.

Muitos brasileiros não gostaram da nova previdência

Muitos brasileiros não gostaram nem um pouco dessa nova reforma da previdência, onde alguns alegaram que morreriam e não iriam conseguir se aposentar.

Outros ainda não acreditam que a previdência seja deficitária e creem que isso seja mais um golpe do governo para cobrir os rombos feitos pelos governos anteriores.

Necessidade da reformaA reforma mediante a visão do governo é algo de extrema  necessidade, e isso economizaria R$ 1 trilhão em 10 anos.

Ponto positivo

Muitos viram a reforma como algo positivo, visto que as regras previdenciárias servirão para todos incluindo deputados e senadores.

Escrito por Pedro Machado

Apaixonado por marketing digital, colunista em diversos sites e páginas do facebook. Trabalhando como redator autônomo há mais de 5 anos. Contato: [email protected]