Bolsonaro zera imposto federal do diesel e faz ameaça ao presidente da Petrobras

O presidente declarou que considera o aumento anunciado como sendo excessivo

Devido ao novo reajuste que foi feito pela Petrobras, o presidente brasileiro Jair Bolsonaro declarou na última quinta-feira (18) que a partir do dia 1° de março o óleo diesel estará livre de qualquer tipo de imposto federal. De acordo com a fala do presidente, o mesmo destacou que este reajuste feito pela Petrobras agora, é fora da curva, e também destacou como sendo excessivo.

Em sua fala, o presidente brasileiro declarou que não tem como interferir na estatal, em relação à decisão tomada, mas que esta atitude agora terá consequências. Os impostos federais que incidem em cima do diesel são o, PIS, Cofins e Cide.

PUBLICIDADE

Foi anunciado na quinta-feira pela Petrobras o quarto reajuste deste ano. O óleo diesel recebeu um aumento de 15,2% do que anteriormente, que passará a valer já nesta sexta-feira (19). A gasolina também sofreu com um aumento de 10,2% que também já está valendo a partir desta data citada.

Em sua declaração, o presidente destacou que diante do ocorrido, logo no primeiro dia do mês de março não terá mais imposto federal em cima do valor do diesel, e que isso acontecerá por cerca de dois meses. A declaração foi feita durante a live semanal feito nas redes sociais de Bolsonaro. Durante estes dois meses propostos pelo presidente, ele destaca que o governo irá estudar medidas para que os tributos sejam zerados em cima do diesel.

PUBLICIDADE

No entanto, sem entrar em detalhes, o presidente sugeriu que alguma coisa agora será feita com a Petrobras nos próximos meses. Sem falar muito a respeito, o presidente brasileiro citou que sabe que agora algo ocorrerá com a estatal, mesmo que ele não possa interferir, destacando que alguma coisa terá que ser mudada.

 

Escrito por Redator News Hero

Sou especialista em notícias da TV, fofocas de famosos e acontecimentos em geral. Também escrevo sobre acontecimentos no meio político.