Brasileira é sequestrada e abusada por 4 homens na Itália

Mulher conseguiu ser resgatada após vizinho ligar para a polícia.

As mulheres têm sofrido muito por causa dos abusos e crimes caracterizados como feminicídios, casos dessa natureza tem aumentado assustadoramente fazendo com que as mulheres vivam com medo e na incerteza de que algo ruim possa acontecer com elas. Nunca se sabe o que pode vir a acontecer e nem de onde possa surgir o agressor, no entanto os noticiários já mostraram casos de mulheres que foram mortas ou sofreram algum tipo de violência por homens que era obcecado por elas e elas nem sabiam.

Há também relatos de mulheres que foram levadas para fora do país com promessas de emprego e melhoria de vida, no entanto ao chegar no país de destino foram obrigadas a se prostituir.

PUBLICIDADE

Uma brasileira de 40 anos viveu algo dessa natureza na noite da última quinta-feira em Gênova na Itália, ela teria sido sequestrada por 4 homens e abusada.  Nesse dia comemorava-se o dia o “Dia de São Valentim” em vários países e foi nesse dia de celebração que tudo aconteceu.

O caso ocorreu na via Martiri del Turchino, no popular bairro Cep de Gênova, no apartamento de um italiano, de 50 anos, que contou com a ajuda de três marroquinos, sendo dois de 25 e um de 30 anos, para realizar o crime. A polícia prendeu os suspeitos do crime, a mulher foi levada para o hospital pelos policiais que atenderam a ocorrência.

PUBLICIDADE

A vítima fez um relato de como tudo aconteceu e como ela conseguiu fugir. Ela foi amarrada para não fugir, mas conseguiu se soltar e ligar para um vizinho no meio da noite, que a encontrou “aterrorizada” e com o “rosto inchado”. Ainda conforme o relato, enquanto o vizinho ligava para as autoridades, a vítima ficou escondida atrás de um carro estacionado na frente do prédio, mas os agressores a encontraram e a arrastaram de volta para o apartamento, local onde a polícia a resgatou.

A polícia informou que a mulher sofreu agressões com varas que foram usadas pelos agressores e que estavam dentro do apartamento. A vítima contou que conhecia um dos marroquinos e que teria hospedado o homem em sua casa por alguns dias.

 

Escrito por Carla Lopes Silva

Colunista em sites de notícias e curiosidades. Adoro escrever sobre todo tipo de assunto. Curiosa por natureza, e amante da internet. Contato: [email protected]