Caixa diz que 5,5 milhões de desempregados e informais correm risco de perder auxílio

Algumas pessoas não tem acesso a internet e não tem condição de procurar os seus direitos

Com a pandemia se espalhando cada vez mais o Brasil precisou pensar em alguma forma de resolver um grande problema causado por ela, além da superlotação do sistema de saúde, também tem as pessoas que ficaram desempregadas ou autônomos que não conseguem trabalhar e ficam dependentes do governo.

Com esse problema em mãos o governo resolveu criar um auxilio emergencial para as pessoas que estão nessa situação, pessoas que não recebem outro auxilio ou que recebem um menor como o bolsa família vão conseguir 600,00 reais para até duas pessoas de cada família.

PUBLICIDADE

Ao colocar as regras incluíram pessoas que tem o MEI, autônomos que fazem sua contribuição individual e pessoas de baixa renda, mas para receber não é assim tão fácil como parece, apesar do cadastro ser feito pelo aplicativo de celular.

Agora o desafio é fazer com que 5,5 milhões de pessoas consigam receber o benefício, já que a maioria deles não tem acesso a internet e não tem contas em banco, esses podem não receber o beneficio por falta de informação segundo a pesquisa feita pelo estado.

PUBLICIDADE

Para resolver esse problema uma das coisas que o governo pede é que o brasileiro seja solidário, como no Rio de Janeiro onde pessoas estão ajudando os camelos a consultarem seus benefícios para não correr o risco de perderem o pagamento.

No ultimo dia 17 a Caixa Econômica informou que 9,1 milhões de pessoas iram receber até hoje a sua parcela do benefício, mas o ministro ainda disse que assim que disponibilizado o saque vão monitorar caso fiquem muitas pessoas sem receber para ir atrás de cada uma até que consigam acesso ao que lhe é de direito.

Algumas dessas pessoas estão ganhando contas bancarias feitas pelo governo para que recebam seu benefício o mais rápido possível, mas por se tratar de formas digitais talvez tenham alguma dificuldade no acesso.

 

Escrito por Julia Carolina

Gosto sempre de trazer novidades e curiosidades para manter o publico informado no dia dia, sigo a linha de noticias infantis e voltadas ao publico materno, alem de receitas e remédios caseiros.