Casal que morreu vítima da covid-19 em intervalo de 20 minutos, tem casa invadida e objetos furtados

A casa e a oficina de equipamentos automotivos do casal que morreu por Covid-19, no intervalo de 20 minutos entre um óbito e outro, foram invadidas e tiveram objetos furtados na madrugada desta quarta-feira (24),

O casal que morreu vítima da covid-19 em intervalo de 20 minutos teve a casa invadida e a oficina de equipamentos automotivos saqueados.

Diversos objetos foram furtados na madrugada da última quarta-feira (24) na cidade de Cajazeiras no sertão Paraíba, os bandidos entraram e levaram vários objetos de valor.

PUBLICIDADE

Segundo informações dentro da casa havia aparelhos de TV, na oficina havia objetos de som automotivo, muita coisa foi levada, até mesmo as câmeras que faziam monitoramento na residência foram levados pelos bandidos.

Além de terem furtado os objetos, a casa foi totalmente depredada, José Cartaxo pai de Carlos disse que ficou horrorizado quando chegou no local, ficou sem saber o que fazer tudo estava quebrado, uma bagunça, os assaltantes reviraram tudo provavelmente a procura de joias e dinheiro.

PUBLICIDADE

José percebeu que muita coisa havia sido levado, a polícia investiga o caso e acredita que quem cometeu o crime sabia dos equipamentos que tinham dentro da casa e que ela estava vazia.

Segundo a delegada Cristiana Pires, os materiais que foram levados da casa tinha um valor considerável, os equipamentos de som e TV eram novos, ela pede que profissionais que atuam nesse ramo na região não comprem peças de terceiros, pode ser produto de roubo.

Até o momento nenhum suspeito foi preso, a polícia segue investigando, José Carlos tinha 36 anos e Lívia Gonçalves 35, eles eram empresários e morreram vítimas da covid-19 com diferença de 20 minutos apenas.

 

Escrito por Informe Cl

Colunista de notícias dedicada a escrever artigos de qualidade sobre saúde, TV, notícias de grande repercussão, notícias gospel e demais assuntos.