Caso Henry: Ex-namoradas de Jairinho prestam depoimento às autoridades

Os depoimentos foram colhidos na 16ª DP, na Barra da Tijuca

Entre a última segunda-feira (22) e a última terça-feira (23), mas algumas testemunhas foram ouvidas a respeito do caso de Henry Borel, o menino de 4 anos de idade que faleceu ainda no dia 8 de março em sua casa. Assim, uma das pessoas que prestou depoimento às autoridades nas datas citadas foi  ex-namorada de Dr. Jairinho, o padrasto de Henry.

Durante o seu depoimento, a mulher afirmou que no passado o político chegou a agredir a filha. Ela, que não teve a sua identidade revelada, afirmou que a menina atualmente é adolescente, mas era apenas uma criança quando isso aconteceu.

PUBLICIDADE

A autora do depoimento em questão não foi a única mulher a ter uma envolvimento passado com o vereador a prestar depoimento na 16ª Delegacia de Polícia, localizada na Barra da Tijuca, Zona Oeste do Rio de Janeiro. Outra ex-namoada de Dr. Jairinho também foi ouvida, mas não foram revelados maiores detalhes a respeito do depoimento dela.

De acordo com o relato do advogado de defesa de Jairinho e de Monique Medeiros, a mãe de  Henry, ele ainda não teve acesso aos depoimentos colhidos pela polícia. De acordo com o advogado, entretanto, quem levou a testemunha em questão ao local foi Leniel Jr., o pai de de Henry.

PUBLICIDADE

Ao falar a respeito de Leniel, o advogado afirmou que ele não consegue aceitar que o seu casamento com Monique chegou ao fim. Ainda durante a sua fala, o defensor declarou que as apurações feitas são sérias e, portanto, Leniel não deveria levar alguém que faz acusações infundadas.

 

Escrito por Redator News Hero

Sou especialista em notícias da TV, fofocas de famosos e acontecimentos em geral. Também escrevo sobre acontecimentos no meio político.