Caso Ísis Helena: Após retomarem as buscas pela bebê desaparecida, as equipes e a defesa civil consideram o uso de drone

A criança que está desaparecida desde o dia 2 de Março, nasceu prematura e também com microcefalia, e até o momento não existe nenhuma pista de seu paradeiro.

A pequena bebê Ísis Helena, já está há pelo menos 15 dias desaparecida, e até o momento atual não se sabe de nenhuma pista que possa levar ao que ocorreu com a bebê.

O mistério que envolve o seu desaparecimento ainda é grande, e tem deixado não só a população, mas também a todos que estão focados acompanhando o caso.

PUBLICIDADE

A criança de apena um ano e dez meses necessita de cuidados especiais, isso porque ele nasceu prematura e também com microcefalia, e essa situação tem despertado grande comoção nacionalmente em que tem se empenhado para acompanhar de perto as buscas.

E por essas maneira todos estão muitos ansiosos e esperançosos para que o caso que envolve a bebê seje solucionado o mais breve possível, apelando para que a policia se empenhe a trabalhar no caso.

PUBLICIDADE

Desde quando a policia foi informada do desaparecimento da criança, eles tem trabalhado constantemente para encontrar Ísis, mas infelizmente não obtiveram nenhum sucesso.

Nenhuma pista que pudesse esclarecer o sumiço da criança e nem que levasse a onde o menina poderia estar, o que tem deixado o caso cada vez mais misterioso.

Dessa vez a equipe de buscas resolveram dá um passo maior, fazer o uso de drones para tentar encontrar alguma pista que leve até a bebê, além da ajuda de cães farejadores.

O caso segue ainda sendo investigado pela Delegacia de Defesa da Mulher, de Itapira no interior de São Paulo, de acordo com a defesa civil, os drones serão utilizados para procurar pistas que levem até a menina em locais que já foram vistos e também naqueles que são dificies de vistoriar.

A policia tem recebido vários chamados, mas nenhum até o momento pôde ser obtido com sucesso, em todas as pistas acionadas a policia, houve buscas, mas nenhuma deu índice de que a criança pudesse ter passado pelos locais.

A polícia segue investigando para ver se conseguem alguma pista que leve até a criança, procurando em locais diferente e até mesmo nos locais já vistos, além de checarem câmeras de segura próximo ao bairro onde a família de Ísis reside.

 

 

Escrito por Margareth Santos

Gosto de dedicar uma parte do meu tempo levando noticias e informações através de matérias relacionadas a tudo, inclusive de saúde, culinária, famosos e do mundo da maternidade.