China alerta cidadãos para que estoquem comida devido á nova onda de surto de Covid

O país vem enfrentando novas ondas de surto de covid

Enquanto que realizam o enfrentamento de alguns surtos de coronavírus em certos pontos isolados, a China decidiu fazer um pedido direcionado a toda a população do país para que os mesmos estocassem comida e alguns outros itens de necessidade básica, para um eventual isolamento domiciliar.

Em um comunicado que deixou muitas pessoas assustadas, o qual foi nacionalmente divulgado nesta última terça-feira, o ministério do Comércio chinês pediu para que autoridades que estivessem em locais onde existem restrições impostas pela covid-19, divulguem algumas informações em relação as redes de distribuições de produtos essenciais do país asiático.

PUBLICIDADE

Nessa mesma nota citada, o governo trouxe à tona, uma série bem ampla de várias recomendações, com o objetivo de garantir de forma segura e eficaz, o fornecimento de suprimentos básicos e essenciais durante os meses referentes ao inverno no Hemisfério Norte.

De acordo com algumas informações diretas de Pequim, os representantes de todos os comércios locais necessitam de “fortalecer” a liderança organizacional e da mesma forma, garantir que a estabilidade dos preços será mantida para atender toda a população.

PUBLICIDADE

O alerta emitido acontece em um contexto no qual o país asiático vem apresentando e enfrentando certas dificuldades para manter a política de tolerância zero em relação aos casos de coronavírus.

A capital da China, Pequim, voltou a endurecer as suas restrições e optou pelo fechamento de diversos tipos de estabelecimentos como por exemplo, cinemas e centros de entretenimento em algumas regiões, depois que foram registradas novas ondas de infecções por diversas regiões do território Chinês.

 

Escrito por Informe Cl

Colunista de notícias dedicada a escrever artigos de qualidade sobre saúde, TV, notícias de grande repercussão, notícias gospel e demais assuntos.