Ciro Gomes acaba de protocolar impeachment contra Presidente Bolsonaro

O fato causou grande repercussão e surpresa nos brasileiros

A política brasileira nesta quinta-feira, dia 23 de abril, recebeu uma impactante notícia, isso porque o ex-candidato presidencial Ciro Gomes e o presidente do PDT Carlos Lupi, protocolaram um pedido de impeachment contra o presidente Jair Messias Bolsonaro, que no momento está sem partido.

O motivo do ato teria sido a sua participação nos atos em defesa de um novo AI-5. Com isso chegam a 24 o número de pedidos de impeachment contra o presidente, e todos eles então sob análise do presidente da Câmara Rodrigo Maia do (DEM-RJ).

PUBLICIDADE

No documento de Ciro e Lupi, eles acusam o presidente de cometer crime de responsabilidade, devido ao fato de possivelmente incentivar atos contra o poder legislativo e judiciário no último domingo, dia 19 de abril.

Nesta manifestação, que tinha como objetivo pedir a intervenção militar no país, e tinha diversos apoiadores de Bolsonaro presentes e juntos fizeram críticas ao Congresso e ao STF (Supremo Tribunal Federal).

PUBLICIDADE

Segundo um trecho do processo consta que, “no local houve a incitação de manifestações contra poderes constituídos, e a presença do Presidente da República mostra uma quebra da ordem constitucional”.

Segundo eles, no ato em questão demonstraram afronta ao princípio da separação dos poderes, sendo portanto considerados crimes de responsabilidade.

O mesmo documento também acusa Bolsonaro de descumprir orientações importantíssimas da Organização Mundial da Saúde (OMS), onde estabelece normas de estados e municípios quanto a adoção de medidas que previnam o contágio do coronavírus, e o ato causou grande aglomeração de pessoas.

No documento eles relatam a experiência negativa e trágica de outros países que descumpriram as normas exigidas pela OMS, e as consequências que tiveram.

Sendo assim, agora o pedido se acumula com outras 23 de forma monocromática serão analisados por Rodrigo Maia, que rompeu as ligações políticas com o presidente e também não tem um prazo definido e claro para tomar as decisões.

Escrito por Redatora Nh

Escritora desde 2012. Sempre antenada nas redes sociais, por dentro das novidades, estudando e buscando o melhor para transmitir aos nossos leitores.