‘Com medo de morrer, fiquei com namorada abusiva que jogou água fervendo em mim’ disse vítima de violência doméstica

Alex Skeel de 22 anos viveu seus piores dias ao lado da namorada controladora.

Alex Skeel tem 22 anos e falou sobre tudo que viveu em um relacionamento abusivo onde sua namorada chegou a jogar nele água fervendo.

O jovem disse que jamais irá esquecer o dia em que ela o encurralou em um canto da casa onde moravam em Bedfordshire, na Inglaterra, com uma chaleira fervendo na mão.

PUBLICIDADE

O casal ficou junto por três anos e as agressões começaram aos poucos, ela dizia que não era para ele usar a cor cinza e que não teria gostado do penteado dele, mas depois a coisa começou a ficar realmente séria.

O jovem contou que sentiu muito medo dela e que se lembra nitidamente a dor que sentiu quando a água fervendo tocou em sua pele.

PUBLICIDADE

Ele disse que implorou para a namorada que o deixasse entrar em uma banheira com água fria, era a única coisa em que ele conseguia pensar que poderia parar aquela queimação. Ela deixou e o alívio foi imediato.A namorada não o agredia apenas, mas fazia jogos mentais com o rapaz que se sentia abalado emocionalmente.

Para ele foi o maior pesadelo que viveu em toda sua vida, deitado em uma banheira de água fria sentindo como se sua pele fosse se soltar a qualquer momento.

Se a namorada percebesse um gemido de dor ela dizia para ele voltar para a banheira. Na Inglaterra existem muitos casos de namoros e relacionamentos abusivos por parte da namorada.

Estima-se que um em cada cinco adolescentes tenha sido fisicamente abusado pela namorada ou namorado. E isso está acontecendo com os homens muito mais do que a maioria das pessoas imagina.

O jovem contou que em pouco temo de namoro, a namorada o isolou de seus amigos e familiares. Ela começou a negar a ele comida e ele começou a emagrecer muito.

O casal teve dois filhos que assistiam as agressões, o jovem tinha medo de ir embora e ela machucar as crianças para feri-lo.Ela o acusava de fazer coisas com outras garotas, de bater papo e trocar mensagens, o que era mentira. Insistia que alguém tinha contado a ela, mas mais tarde ele descobriu que era tudo inventado pela namorada controladora.

Ela esperava ele dormir e batia com uma garrafa em sua cabeça. “O que você está pensando?”

Em seu relato o jovem disse que já nem sentia tanta dor acostumado com as agressões, até que ela deixou a garrafa e começou a bater nele com um martelo e outros objetos.

Ela o atacou com facas e quando alguém ligava para a polícia ou no hospital ele mentia porque sabia que se dissesse alguma coisa ela o mataria.

Em 2018 a polícia foi até a casa do casal e o jovem estava gravemente ferido e pesando 31 kg, na ocasião ele contou tudo e a namorada foi presa, se ele a polícia não tivesse intervindo ele estaria morto.

 

Escrito por Carla Lopes Silva

Colunista em sites de notícias e curiosidades. Adoro escrever sobre todo tipo de assunto. Curiosa por natureza, e amante da internet. Contato: [email protected]