Confira o calendário do Auxílio emergencial para o mês de setembro

O governo definiu que iriam pagar mais quatro parcelas até o mês de dezembro no valor de R$ 300.

O Auxílio emergencial foi criado em decorrência da pandeia e desde então o governo esta pagando aos cidadãos uma quantia de até R$ 1.200 para ajudar neste momento difícil que o mundo se encontra.

Já se passaram cinco meses desde então e o governo decidiu que iria pagar o beneficio até o dia 31 de dezembro, no entanto, os valores que antes eram de R$ 1.200 e R$ 600 sofreram algumas alterações. Os beneficiários do Bolsa Família receberam as quatro ultimas parcelas no valor de R$ 600. Quem faz parte do Programa do Bolsa Família continuarão sendo pagos seguindo o calendário tradicional do programa, sempre nos últimos 10 dias úteis de cada mês. Lembrando que o valor a ser recebido passará a ser de R$ 600.

PUBLICIDADE

Para beneficiários do Auxílio emergencial mas que não estão cadastrados no Programa Bolsa Família, só os que são do Ciclo 1 (os que começaram a receber no mês de abril) e alguns do Ciclo 2 (que começaram a receber no mês de maio) já receberam o valor da quinta parcela do beneficio, no entanto, os beneficiários do Ciclo 2 só conseguiram sacar a partir do dia 19 de setembro.

Confira o calendário do auxilio emergencial e quando você poderá transferir e sacar o seu dinheiro:

PUBLICIDADE

Os pagamentos do auxílio emergencial não sã mais pagos a partir de lotes. Agora o governo passou a dividir os pagamentos a partir de Ciclo, eles dividiram os Ciclos em 4 (Ciclo 1; Ciclo 2; Ciclo 3 e Ciclo 4) Confira o calendário de cada um deles:

Calendário do Ciclo 1:

Os depósitos estão liberados para as pessoas nascidas em

Nascidos em janeiro – 22 de julho;

nascidos em fevereiro  – 24 de julho;

nascidos em março –  29 de julho;

nascidos em abril  –  31 de julho;

nascidos em maio – 5 de agosto ;

nascidos em junho  – 7 de agosto;

nascidos em julho – 12 de agosto ;

nascidos em agosto – 14 de agosto;

nascidos em setembro – 17 de agosto;

nascidos em outubro – 19 de agosto;

nascidos em novembro – 21 de agosto;

nascidos em dezembro – 26 de agosto.

 

Saques e transferências estão liberados para as pessoas que nasceram em

nascidos em janeiro – 25 de julho;

nascidos em fevereiro e março – 01 de agosto;

nascidos em abril – 8 de agosto;

nascidos em maio – 13 de agosto;

nascidos em junho – 22 de agosto;

nascidos em julho –  27 de agosto;

nascidos em agosto – 01 de setembro;

nascidos em setembro – 05 de setembro;

nascidos em outubro e novembro – 12 de setembro;

nascidos em dezembro – 17 de setembro.

 

Calendário do Ciclo 2: o recebimento da parcela dependerá de quando foi realizado a aprovação. Para depósitos

1ª parcela: para que se cadastraram entre 8 de junho e 2 de julho;

1ª parcela: aprovados depois de concertar o erro do cadastro entre 3 de julho e 16 de agosto;

2ª parcela: para os que tiveram o seu cadastro aprovado em julho;

2ª parcela: aprovado depois de concertar o erro do cadastro entre 24 de abril e 19 de junho, que tiveram de aguardar o reanálise;

3ª parcela: que começaram a receber o finalzinho do mês de junho e o começo do mês de julho;

4ª parcela: quem começou a receber o beneficio em maio;

5ª parcela: quem começou a receber o beneficio em abril, mas ficou de fora do primeiro pagamento.

 

Para transferências e saques

nascidos em janeiro – 19 de setembro;

nascidos em fevereiro – 22 de setembro;

nascidos em março – 29 de setembro;

nascidos em abril – 01 de outubro;

nascidos em maio – 03 de outubro;

nascidos em junho – 06 de outubro;

nascidos em julho- 08 de outubro ;

nascidos em agosto -13 de outubro;

15 de outubro – nascidos em setembro;

nascidos em outubro; 20 de outubro;

nascidos em novembro; e22 de outubro;

nascidos em dezembro. 27 de outubro.

Ciclo 3:

Os beneficiários do Ciclo 3 poderão fazer depósito entre os dias 9 de outubro e 13 de novembro e transferências e saques vai do dia 29 de outubro a 19 de novembro.

Ciclo 4:

Os beneficiários do Ciclo 4 a receber a parcela a partir do dia 16 de novembro para os nascidos em janeiro e vai até o dia 15 de dezembro, os saques e transferências em dezembro. Vale lembrar que os depósitos terminam no dia 30 de novembro, e os saques começam no dia 26 de novembro.

Em breve o governo anunciara qual será o esquema adquirido por eles para realizar os pagamentos das quatro ultimas parcelas do auxílio emergencial. Boatos que muitos poderão ainda receber em 2021, no entanto, não é nada oficial. Por isso, fique atento aos noticiários.

Escrito por Toda Mídia Digital

Colunista de notícias dedicado a todo e qualquer tipo de nicho, entre elas estão tv, famosos, curiosidades, humor e demais coisas.