Corpo de grávida é encontrado em rio mas ninguém sabia o que fizeram com seu bebê

O corpo da jovem Savanna LaFontaine-Greywind, que estava grávida de oito meses, foi encontrado mais tarde encontrado sem vida em um rio.

Savana Lafontaine Greywind saiu de casa dizendo que iria até a casa de seus vizinhos que moram no mesmo prédio, a jovem iria ajudar com o projeto de costura que estava sendo realizado pela vizinha.

Mas depois de oito dias que saiu de casa o corpo da jovem foi encontrado em um rio sem vida, envolto em plásticos e pendurado em um tronco.

PUBLICIDADE

O que intrigou a polícia foi o fato de que o bebê havia sido retirado da barriga da mãe. O corpo da jovem foi encontrado por alguns canoeiros as margens do Rio Red no estado de Minnesota que faz divisa com Dakota do Norte.

Savana subiu ao apartamento dos vizinhos que fica dois andares acima de onde ela morava com os pais, o casal de vizinhos ofereceu $20 para ela provar um vestido que estava sendo confeccionado pela vizinha de 38 anos.

PUBLICIDADE

Antes de ir à casa dos vizinhos, Savana havia pedido uma pizza e deixou a carteira em casa, fato que demonstra que ela planejava voltar rápido, porém a jovem sumiu e só foi encontrada 8 dias depois sem vida.


“Soube de mediato que alguma coisa estava errada porque seu carro continuar estacionado diante da casa. Estava grávida de 8 meses e tinha os pés inchados, não iria passear. Tinha uma pizza em casa que ainda não havia comido”.

A polícia trabalha com a possibilidade de sequestro fetal seguido de homicídio, o casal havia planejado forçar o nascimento da criança ou extrair a força o feto da mãe. Depois do sumiço da jovem ao serem informados de que a casa dos vizinhos foi o último local onde ela esteve a polícia fez uma busca no local.

Cerca de 30 agentes da polícia e cães farejadores que rastrearam não somente a casa dos suspeitos, mas os arredores do município, no entanto a polícia encontrou um bebê recém-nascido na casa do casal. Mais a frente vieram saber que a menina era filha de Savana fato confirmado pelos dois suspeitos presos.

A polícia acredita que a criança não estava no apartamento nas três primeiras vezes em que revistam a casa, como pensaram que o perigo havia passado e que os policiais não iriam voltar, a criança foi levada para casa de volta.

Savana tinha 22 anos e muitos planos para filha que iria chegar, o namorado da jovem emocionado disse:

“A única coisa que queria era uma vida com Savana e meu bebê roubaram tudo de mim”.

Escrito por Pedro Machado

Apaixonado por marketing digital, colunista em diversos sites e páginas do facebook. Trabalhando como redator autônomo há mais de 5 anos. Contato: [email protected]