Corpo de mulher é encontrado dentro de geladeira em apartamento pelo marido, o suspeito é o amante

suspeito de ter cometido o crime seria o amante da vítima, a mulher era casada, mas o marido era caseiro no interior de Minas, mas estava se separando.

De acordo com os policiais da delegacia de homicídios de Venda Nova, Elisângela de Souza de 30 anos foi encontrada morta dentro de uma geladeira, na manhã desta última quarta-feira.

Segundo os policiais, ela estava no apartamento que morava no bairro Planalto, o suspeito de ter cometido o crime seria o amante da vítima, a mulher era casada, mas o marido era caseiro no interior de Minas, ela morava em Belo Horizonte, os dois estariam se separando e não moravam mais juntos há cerca de quatro meses.

PUBLICIDADE

A cerca de 2 semanas, o marido de Elisângela a procurou, ligou para ela mais não conseguiu falar com Elisângela, foi para Belo Horizonte dizendo que alguns documentos estavam no apartamento, tocou a campainha, mas ninguém atendeu, ligou para o celular e estava desligado.

Então ele chamou um chaveiro que pudesse abrir a porta do apartamento, para que ele pudesse pegar seus documentos, depois que abriram chamaram por Elisângela, como ninguém respondeu entraram na casa e quando chegaram na cozinha a geladeira estava lacrada com uma fita, acharam estranho abriram a geladeira e se depararam com corpo de Elisângela dentro da geladeira.

PUBLICIDADE

Eles saíram desesperados, chamaram os vizinhos e em seguida ligaram para a polícia, a partir desse momento a polícia passou a investigar o caso, ouviu alguns vizinhos e relataram que Elisângela morava no local há muitos anos, tinha uma vida discreta, estava separada e estava em outro relacionamento.

Os detetives investigando de maneira minuciosa, descobriram que no dia 24 de junho, ela tinha feito uma queixa contra o homem que estava se relacionando, segundo os policiais o namorado de Elisângela é de Sete Lagoas, ela estava com ele a alguns meses.

Alguns vizinhos disseram que ela tinha comentado que queria terminar o relacionamento, segundo os policiais este homem que não foi encontrado ainda, é o principal suspeito do crime, a polícia sabe que trabalhava na lanchonete do bairro Guarani, mas a vários dias não aparece no trabalho.

 

Escrito por Informe Cl

Colunista de notícias dedicada a escrever artigos de qualidade sobre saúde, TV, notícias de grande repercussão, notícias gospel e demais assuntos.