Covid19: A visita em família que virou tragédia

A enfermeira recebeu visita de pais que viviam no Paraná, em momento que não havia ainda orientações sobre isolamento.

A família que sofreu uma tragédia por conta de uma visita. Localizados em Brasília, a enfermeira conhecida como Márcia relata que recebeu visita de seus pais que moravam no interior do Paraná.

Eles viajaram para ver sua filha quando ainda não tinha orientações oficiais para que as pessoas ficassem em suas casas, Márcia perdeu marido e seu pai. A enfermeira relatou que acompanhava sem muita confiança as notícias sobre o novo coronavírus.

PUBLICIDADE

No dia em que seus pais de Márcia chegaram a Brasília, em todo solo brasileiro era apenas confirmados apenas 77 pessoas confirmadas. Sendo apenas dois no próprio Distrito federal, ainda não havia registro de pessoas que vinham a falecer por conta do covid-19, na época também não havia sido repassadas orientações para o isolamento social através das autoridades.

Márcia ainda mencionou a uma entrevista que até então o assunto de tal vírus fosse algo inalcançável, até o momento, no Brasil o aumento de casos de pessoas confirmadas e de pessoas que vinham a óbito duplicou, passaram a mais de 45,7 mil casos confirmados e 2,9 mil pessoas que vinham a falecer.

PUBLICIDADE

O marido de Márcia era um sargento da Polícia Militar, José Romildo. Por sua vez, ele era mais atencioso a doença por conta de trabalhar nas ruas e ser mais suscetível ao contágio da doença e com isto levá-la para dentro de casa. Nos primeiros casos confirmados no Brasil, José começou a adotar as medidas de higienes com frequência.

Ambos tinham planos para o futuro, Márcia e José estavam casados a mais de 10 anos, recentemente tinham construído uma casa e neste mês de abril era o início de suas férias. No mês de junho deste mesmo ano José o Policial Militar iria se aposentar, tendo contribuído mais de 30 anos de serviço.

A enfermeira não conseguiu fazer um enterro digno de ambos, pois também foi diagnosticada com coronavírus. Márcia ainda relata que foi difícil e ainda não caiu a si, parece ser tudo uma mentira.

Reclusa e com diagnósticos positivos. Márcia ficou em sua suíte trancada chorando pela perda de seu marido e pai, a mesma conta que recusou se medicar e procurar ajuda médica, pois pensava que seria a próxima a falecer. Depois de 15 dias em isolamento. Márcia foi considerada recuperada.

Escrito por Melissa Lopes

Trazendo "De tudo um pouco" por aqui. Relacionamento, curiosidades, notícias, receitinhas que amamos! Seja bem vindo!