Criança de 4 anos paga com a vida por derramar suco no video-game do namorado da mãe

Jovem de 19 anos matou a menina depois que ela derramou suco no seu vídeo game.

Um caso absurdo ocorreu em Waukegan, onde o jovem Jonathan Fair de 19 anos cometeu uma barbaridade contra uma pequena criança de 4 anos e poderá pegar prisão perpétua.

Jonathan estava na casa junto com a criança de sua namorada, a menina derramou sem quere suco no videogame de Jonathan, um console Xbox.

PUBLICIDADE

Jonathan teria ficado tão nervoso que pegou a criança e bateu nela tanto que a menina desmaiou, quando o Jonathan viu o que fez com a criança, pegou a garota desmaiada e a levou para a unidade hospitalar, chegando lá ele falou que a menina caiu e bateu com a cabeça.

A criança foi socorrida e os profissionais de saúde perceberam um inchaço no cérebro de Skylar, eles tentaram fazer de tudo para salvar a vida da garotinha, porém êxito.

PUBLICIDADE

A polícia foi acionada por que não foi apenas o inchaço cerebral que os médicos perceberam, a criança tinha sinais de violência física inclusive tremores violentos e provavelmente ela já vinha padecendo nas mãos do rapaz que namorava sua mãe.
O jovem violento tirou a vida de uma pequena inocente de 4 anos simplesmente pelo fato de  que ela derramou suco em cima de seu videogame .

No entanto o fato de Jonathan ter levado a garota ao hospital custou a ele 4 acusações, o jovem foi indiciado por 4 delitos.

A garota não resistiu aos ferimentos na cabeça, Jonathan teria agredido a criança mesmo depois que ela já estava desmaiada nos corredores da casa.

No dia do julgamento os promotores e os jurados ficaram totalmente chocados com o fato de Jonathan arrancar a vida de uma bela, menininha de quatro anos por causa de um videogame, para ele o seu Xbox valia mais do que a vida da criança.

O advogado solicitou a pena máxima para o jovem por causa da violência infligida contra uma criança que não tinha como se proteger.

A mãe não estava em casa no instante da violência ela se lamentou pela morte de seu bebê:

“Descobrimos que isso não foi um acidente trágico. Nossa doce vida, nosso anjo foi tirado de nós por um ser humano sem coração. Só adicionando mais dor as nossas vidas, sabendo que alguém levou a nossa baby girl”.

 

Escrito por Pedro Machado

Apaixonado por marketing digital, colunista em diversos sites e páginas do facebook. Trabalhando como redator autônomo há mais de 5 anos. Contato: [email protected]