Criança morre depois de se ferir com presente que havia pedido para a família no natal

A menina morreu devido a uma bactéria que entrou em contato com o sangue dela, causada pela ferida infeccionada, por sua vez causada pelo brinquedo

Uma menina de apenas dois anos de idade, acabou morrendo por causa de uma infecção generalizada, que fez com que uma bactéria entrasse em seu sangue, por causa de um ferimento nas partes íntimas, por sua vez, provocado por uma queda da bicicleta da qual ela tinha acabado de ganhar no Natal.

A garotinha foi velada e sepultada em Peruíbe, na região litoral de São Paulo, depois de dois dias de muita insistência da família para conseguir trazer o corpo dela para a Baixada Santista.

PUBLICIDADE

A pequena Eloah Maiane Freire dos Santos, que tinha dois anos, alimentava um grande sonho de ganhar uma bicicleta de presente no Natal, conforme revelou sua mãe, Neide dos Santos, em entrevista ao g1, neste domingo, 2 de janeiro de 2022.

PUBLICIDADE

A menina ganhou a bicicleta de presente, e imediatamente, quis experimenta-la e tentou pedalar, ainda no natal. Enquanto o realizava, ela se atrapalhou ao tentar sair da bicicleta e acabou caindo no chão, o que machucou sua parte íntima, devido ao impacto.

A criança não ficou preocupada com o machucado, e só foi contar a mãe sobre um incômodo que estava sentindo no local, um dia após, quando o local ficou bastante inchado.

Como ela reclamara de muita dor, além de uma alta febre, os pais a levaram Eloah para um hospital. Ela passou por exames — de forma superficial, conforme a mãe —, e recebeu indicação de alguns medicamentos. “Disseram que se tratava de uma íngua [inflamação]”, contou a mãe.

Mas a garotinha permaneceu reclamando de fortes dores e, quando foi 27 de dezembro, a região da ferida estava muito mais inchada e com uma grande inflamação.

Passados alguns dias, em uma noite, ela não conseguia nem mesmo dormir. Apresentando dores intensas, ela decidiu acordar seus pais por causa do grande calor.

“Ficava inquieta na cama, além de suar muito frio. Nunca tinha feito isso”, contou a mãe. A situação ficou pior quando a menina passou a ter convulsões.

Os pais levaram ela imediatamente a um pronto-socorro público, onde ela teve de ser internada e realizou alguns exames. Enquanto esperava a chegada de um especialista pediátrico, ela teve uma nova convulsão na enfermaria e teve de ser encaminhada às pressas para a UTI.

Eloah precisava urgentemente de ser transferida para um hospital, porém, infelizmente ela não resistiu à essa transferência e morreu enquanto ainda estava na ambulância. De acordo com os pais, ela teve um choque séptico causado, por uma bactéria que teve contato com o sangue dela, por causa da ferida infeccionada, o que causou sua morte.

 

Escrito por Informe Cl

Colunista de notícias dedicada a escrever artigos de qualidade sobre saúde, TV, notícias de grande repercussão, notícias gospel e demais assuntos.