Crianças poderao escolher pela Eutanasia no Canadá

Hospital infantil esta programando inserir um procedimento de suicídio assistido para crianças.

Um medico do Hospital de Crianças Doentes de Toronto deu uma entrevista para uma conceituada revista chamada Journal Of Medical Ethics, explicando um pouco desse sistema que estão tentando implantar, como uma eutanásia para crianças que estivessem com doenças graves, o mais surpreendente e que a escolha pelo procedimento seria feita pela própia criança dispensando assim o consentimento dos pais que só saberiam do ocorrido apos a criança já estar morta.

O conselho Canadense esta analisando a proposta apresentada sobre esse sistema que daria liberdade pessoas com menos de 18 anos escolherem o que querem fazer antes que se tornem totalmente dependentes de outras pessoas, isso incluiria pessoas com mal de Alzheimer, psiquiátricos e outras doenças.

PUBLICIDADE

Os paciente com menos de 18 anos terão a autonomia para decidirem o que querem fazer inclusive se querem que seus pais sejam ou não avisados da decisão e em caso de sigilo deve ser respeitado por todo quadro de profissionais do hospital.

Já existe nesse hospital um processo que as crianças podem recusar tratamentos pesados que vão durar a vida toda e provavelmente não surgirão resultado de cura, alguns prologam a vida do paciente mas os deixam convalescentes como a quimioterapia que ajuda com o câncer mais em fase terminal não tem muito mais o que ser feito sem possibilidade de cura, nesse caso os médicos entendem que se a criança pode escolher não ser tratada ela pode sim escolher a morte por injeção química para que seja mais breve e menos doloroso.

PUBLICIDADE

Alguns pacientes já estão dizendo que querem saber como podem fazer para que isso seja logo implantado aparentemente o sistema de eutanásia foi bem aceito pela maioria que possui indicação para participar do processo.

Religiosos dizem ser contra por questões bíblicas isso e tido como suicídio e não é bem quisto pela igreja de forma em geral mesmo que feito em pessoas doentes, já alguns médicos que também são contra o sistema, dizem ainda ter medo que depois da implantação aja muita aderência ao sistema e que os familiares não aceitem que isso não compete a eles decidir e sim a criança.

O que você pensa sobre o assunto deixe sua opinião nos comentários.

Escrito por Julia Carolina

Gosto sempre de trazer novidades e curiosidades para manter o publico informado no dia dia, sigo a linha de noticias infantis e voltadas ao publico materno, alem de receitas e remédios caseiros.