Defensor do movimento antivacinas na Itália é internado com catapora

Massimiliano Fedriga é uma das figuras mais ativas na Itália contra a vacinação de crianças e adolescentes, mas talvez o que aconteceu possa mudar sua opinião. Fedriga anunciou pelo twitter que foi internado depois de ter contraído catapora. Caso você não se lembre, a vacina que imuniza contra a doença existe desde 1984!

Massimiliano Fedriga é uma das figuras mais ativas na Itália contra a vacinação de crianças e adolescentes, mas talvez o que aconteceu possa mudar sua opinião.

Fedriga anunciou pelo twitter que foi internado depois de ter contraído catapora. Caso você não se lembre, a vacina que imuniza contra a doença existe desde 1984!

Depois de compartilhar a notícia, Fedriga se viu alvo de diversas críticas já que é um homem de quase 40 anos que poderia ser imune a doença se apenas tivesse tomado a vacina.

Ele bem que tentou se defender, mas não conseguiu. Em 2017, Fedriga foi um dos mais fervorosos críticos da medida nacional que determinava que toda criança que frequentasse escolas deveria ser vacinada compulsoriamente.

Na época, Fedriga afirmou que essa não poderia ser uma determinação do Estado, mas um direito de escolha dos pais. O mais curioso? Ele vacinou os próprios filhos.

Escrito por Pedro Machado

Apaixonado por marketing digital, colunista em diversos sites e páginas do facebook. Trabalhando como redator autônomo há mais de 5 anos. Contato: [email protected]