Delegado cita tweet em documento pedindo a prisão de Belo

A postagem em questão servia para comprovar a ligação entre o cantor e o tráfico

De acordo com informações publicadas pelo jornal Extra, um documento, com remetente à Justiça, pedindo a prisão do cantor Belo chegou a citar uma mensagem veiculada nas redes sociais.

O documento em questão, feito pelo delegado Gustavo de Mello de Castro, usou uma postagem do Twitter como forma de estabelecer a ligação entre o show de Belo, ocorrido no Parque União, localizado no Complexo da Maré com o chefe do tráfico da região, Jorge Luiz Moura Barbosa, conhecido pelo apelido de Alvarenga.

PUBLICIDADE

É possível afirmar que o show em questão aconteceu ainda durante a madrugada do último sábado (13), ainda que eventos dessa natureza estejam proibidos durante a pandemia por gerarem aglomerações. Ainda sobre isso, é possível afirmar que o show aconteceu dentro de uma escola municipal e não obteve a autorização da Secretaria de Educação.

Sobre o tweet citado na documentação do caso, é possível afirmar que os policiais da área de inteligência, de acordo com a DCOD, identificaram a postagem de um usuário com o noem de Trem Bala, que chegou a afirmar que Belo faria um show no Parque União.

PUBLICIDADE

Devido aos fatos destacados, o cantor chegou a ser preso pela ligação com tráfico, visto que o evento foi autorizado pelo chefe do local, mas também precisará responder por ter organizado um show durante a pandemia, visto que, conforme o citado anteriormente, tais eventos estão proibidos como medida de segurança.

Escrito por Redator News Hero

Sou especialista em notícias da TV, fofocas de famosos e acontecimentos em geral. Também escrevo sobre acontecimentos no meio político.