É expressamente proibido morrer nessa cidade e o motivo é perturbador

Essa história interessante começou há mais de 100 anos, em 1918 quando aconteceu uma severa epidemia de gripe espanhola, essa epidemia quase acabou com toda a população da cidade.

No entanto depois de anos descobriram que os corpos que foram enterrados no local não se decompuseram e por causa disso a doença poderia voltar a contaminar o mundo todo.

Pesquisadores ficaram tão intrigados com a história estranha do pequeno vilarejo que resolveram fazer um teste e foi descoberto que uma das vítimas da gripe espanhola enterradas no local ainda continha o vírus em seu corpo.

Os corpos não se decompuseram por causa de uma camada conhecida como permafrost e por causa do solo congelado que acabou preservando os cadáveres, o cemitério ainda tem os restos mortais das vítimas da gripe.

Muitas pessoas adoram fazer passeios turísticos nas ruas congeladas e frias da cidade, o lugar é lindo, mas é proibido morrer por lá.

 

Via: noticias.r7.com

Escrito por Cláudia Lm

Colunista de notícias dedicada a escrever artigos de qualidade sobre saúde, TV, notícias de grande repercussão, notícias gospel e demais assuntos.