Ela estava grávida de gêmeos mas depois de uma avaliação os médicos tinham uma terrível notícia

Depois de 3 anos de tentativas, eles finalmente receberam a boa notícia que esperavam, mas os médicos também tinham uma notícia terrível para os dois.

A vida em família é repleta de surpresas, imprevistos e muito jogo de cintura. Para muitos, o casamento começa depois de uma gravidez surpresa, para outros, tudo é planejado e seguido a risca.

Mas a verdade é que muitos casais sofrem por anos na tentativa de realizar o sonho de engravidar. Essa é, em parte, a história que contaremos hoje.

PUBLICIDADE

Para Lisa e Darren Hansen, parecia demorar uma eternidade para engravidar. Mas depois de 3 anos de tentativas, eles finalmente receberam a boa notícia que esperavam.

PUBLICIDADE

Depois de descobrir que Lisa finalmente estava grávida, o casal ficou em estado de êxtase quando os médicos deram a notícia de que seriam dois bebês ao mesmo tempo. Gêmeos! Quem poderia imaginar? Lisa e Darren estavam muito felizes com a notícia!

Infelizmente, nas consultas seguintes os médicos descobriram algo terrível e precisaram dar a notícia ao casal. O médico explicou que não eram apenas gêmeos.
Lisa carregava uma forma rara de gêmeos monoamnióticos monocoriônicos, também chamados gêmeos “MoMo”.

Nesse tipo de gravidez, os bebês crescem dentro da mesma placenta. Porque não há nada separando os dois bebês, isso cria um sério risco para o emaranhamento.

E quando os gêmeos cresceram, o cordão umbilical de um gêmeo começou a sufocar o outro. Então, os médicos sugeriram que o casal considerasse um aborto.

A situação estava ficando insustentável porque um bebê estava colocando o outro em risco e os médicos queriam agir logo para garantir que pelo menos uma das crianças tivesse a chance de nascer saudável.

Mas os Hansen estavam confiantes de que Deus tinha um propósito para suas vidas e recusaram fazer o aborto. Eles tinham fé de que tudo daria certo no final.

Aos cinco meses de gestação, Lisa precisou ser internada no hospital onde os médicos a observariam e estariam prontos para agir a qualquer momento. Para piorar a situação, Lisa e Darren foram obrigados a viver separados durante este período difícil.

Pouco antes da gravidez de Lisa, Darren aceitou um emprego de longa duração fora de casa. O casal originalmente planejava ir juntos, mas com a gravidez complicada, era melhor que Lisa ficasse em casa.

Por causa dos cordões umbilicais emaranhados, não havia como os bebês serem entregues naturalmente. Então, com 32 semanas de gravidez, os médicos entregaram os gêmeos por cesariana. Todas as orações deram certo, e finalmente Lisa e Darren deram as boas-vindas a duas lindas garotas: River e Piper!

Escrito por Pedro Machado

Apaixonado por marketing digital, colunista em diversos sites e páginas do facebook. Trabalhando como redator autônomo há mais de 5 anos. Contato: [email protected]