Em entrevista exclusiva Sari Corte Real fala sobre seu julgamento

Ela diz que vai aguardar o que a justiça decidir

O caso de Miguel foi assunto do Fantástico que também realizou uma entrevista exclusiva com Sari Corte acusada do ato criminoso que levou o garotinho cair no nono andar e falecer.

A mãe de Migue, Mirtes, que era empregada de Sari e estava passeando com os cachorros da madame, enquanto deixou seu filho sobre a responsabilidade da patroa, mas que se descuidou da criança e deixou que a criança andasse sozinha pelo elevador do prédio e o pior veio acontecer, sua queda e morte.

PUBLICIDADE

De acordo com Mirtes, que tinha apenas um filho, Miguel, não está sendo nada fácil seguir a vida sem a presença do filho, pois a pior dor de uma mãe e enterrar aquele ser a quem ela deu a vida, ele era seu grande amor e não sabe quando e se essa dor vai acabar um dia.

Mirtes alega que foi muita irresponsabilidade de sua patroa deixar seu filho sozinho no elevador para percorrer pelo prédio, visto que ele não tinha nenhum costume com isso.

PUBLICIDADE

Em entrevista exclusiva, Sari alega que não apertou os botões do elevador, apenas fingiu realizar tão ato para amedrontar o garoto e fazer com que ele retornasse para casa, pois o menino insistia em querer ver a mãe e que essa foi sua última alternativa com o menino.

Ainda segundo ela, alega que não tinha conhecimento de que tal fato poderia acontecer que não tinha maldade nenhuma ao deixar o garoto sozinho, pois acreditava que ele poderia retornar ao apartamento quando se sentisse sozinho, visto que para ele, o menino conhecia os números, fato esse que foi negado pela mãe.

Porém de acordo com o delegado, o fato de Sari ter ou não apertado não muda o fato dela ter deixando o garoto sozinho, e ela poderá ser acusada por abandono de incapaz e poderá ser condenada até 12 anos de prisão.

 

Escrito por Redator News Hero

Sou especialista em notícias da TV, fofocas de famosos e acontecimentos em geral. Também escrevo sobre acontecimentos no meio político.