Enfermeira que estava desaparecida, é encontrada morta numa área de plantação de eucalipto:” Crueldade”

Enfermeira foi cruelmente assassinada.

A profissional de saúde, foi vista pela última vez ao abandonar o seu local de trabalho em Santana do Paraíso, na unidade onde trabalhava.

Priscila Cardoso da Silva de trinta e cinco anos, tinha sumido desde a última segunda-feira (15). Após todas as buscas e revelações, o corpo foi encontrado na entrada do município de Ipaba, numa área de plantação de eucalipto.

PUBLICIDADE

Nessa sexta-feira (19) autor do crime sem identidade revelada, foi preso em Guarapari (ES), e confessou o assassinato de Priscila. Ele foi levado para a delegacia de Ipatinga, e já foi emitido um mandado de prisão preventiva.

Alexsandro Caetano, delegado contou que o suspeito foi capturado nos arredores e nas casas de familiares, e foi capturado quando estava a chegar na casa da mãe. O suspeito não reagiu em qualquer altura, e confessou que tinha matado a enfermeira, e disse onde abandonou o corpo.

PUBLICIDADE

Priscila foi encontrada com um tiro na testa. O delegado disse ainda que o motivo do crime ainda não foi esclarecido, no qual as investigações continuam. Os policiais militares, e civis estão a tomar conta das diligências.

Segundo o delegado relatou, o homem já tinha diversas passagens pela polícia, no qual entre elas consta um homicídio e uma tentativa de latrocínio. A município de Santana do Paraíso, a cargo do prefeito Bruno Morato, através das redes sociais, lamentou a morte da enfermeira, e noticiou três dias de luto oficial.

O prefeito também acompanhou desde o primeiro momento o trabalho das autoridades, até que o crime fosse esclarecido.

 

 

Escrito por Carla Sofia

Sou especialista em Receitas, dicas e saúde! Gosto sempre de estar atualizada de novas receitas e formas medicinais!