“Estava muito cansado para cuidar dele” confessou pai que abandonou filho bebê sozinho em um parque

O caso gerou muita revolta na internet e principalmente nas mães.

Abandono de criança é considerado crime, mas mesmo assim não intimida alguns pais ou responsáveis pela criança que são capazes de deixar sozinha uma criança indefesa, como aconteceu na Austrália.

Um bebê foi abandonado pelo próprio pai que afirmou que estava muito cansado para cuidar do filho e o deixou para que fosse levado por alguém que iria cuidar dele.

PUBLICIDADE

Um caso inacreditável, mas é triste saber que em todo o mundo a história se repete, pais abandonando filhos em todos os lugares.

O pai da criança é um homem chamado Shane, ele foi capaz de abandonar o filho pequeno, Baden Bond, sozinho em um dos bancos de um parque e depois disso a criança nunca mais foi encontrada.

PUBLICIDADE

O pai e a mãe da criança só contaram para polícia o ocorrido depois de muito tempo e o pai então confessou que abandonou a criança.

A mãe do menino também foi acusada pela polícia de ser cúmplice do marido no caso, mesmo sabendo do desaparecimento do filho não procurou ajuda e nem informou a polícia do ocorrido acobertando o marido.
Quanto a família desconfiava de que algo estava errado e sempre que via o casal perguntava do paradeiro da criança mas, o casal apenas respondia que o menino havia sido colocado para adoção.

O casal foi condenado e quando chegou o dia do julgamento o homem deu detalhes de como abandonou o filho sozinho sentado no banco do parque chamado Eagleby na Austrália. O fato ocorreu no ano de 2007, mas o casal só relatou o desaparecimento à polícia em 2016.

No dia do julgamento o homem contou com detalhes como abandonou o filho bebê, “ele disse que estava muito cansado para cuidar do seu filho e no momento que deixou o pequeno sozinho sentado no banco não olhou para trás”.

Ele também disse que achava que alguém bom, ia encontrar o filho e cuidar dele, ele apenas abraçou o menino disse que sentia muito e foi embora sem olhar para trás, contou o promotor do caso a uma revista durante uma entrevista.

A polícia acredita que o bebê tenha falecido devido ao ato impensado do próprio pai.

Escrito por Pedro Machado

Apaixonado por marketing digital, colunista em diversos sites e páginas do facebook. Trabalhando como redator autônomo há mais de 5 anos. Contato: [email protected]