Estudos apontam que beijo de mãe pode “curar” sim os machucados dos filhos

As crianças costumam procurar as mães quando se machucam para ganhar o famoso “beijinho pra sarar”.

Os filhos sem buscam na mãe apoio, carinho, atenção, principalmente nas horas de apuros buscam um refugio, um socorro que sabem que sempre encontrará, não importa se seja por motivos físicos ou psicológicos, a mãe sempre será a primeira que recorremos para nos ajudar.

Essa reação tem inicio desde bem cedo, pois quando crianças sentimos que as mães tem super poderes, que filho nunca pensou que a mãe era a mulher maravilha? Pois é, a mãe traz segurança ao filhos, ela vem com seus super poderes e transforma tudo.

PUBLICIDADE

Se uma criança cai e machuca o joelho, a primeira coisa que ela faz é correr para os braços da mãe, a mãe o pega no colo assopra o lugar ferido, e a dor já passa, é como mágica.

O filhos veem a mãe como seu porto seguro, Mas elas sabem como lidar com qualquer situação, elas sabem como ninguém tranquilizar e acalmar as crianças, até mesmo na hora de fazer a aplicação de um curativo com um remédio que da a sensação de ardor, Basta a mãe dá um beijo que já deixa os filhos mais calmos e mais resistentes.

PUBLICIDADE

Alguns são bem manhosos, mas nessa caso, ele quem o aconchego da mãe, um modo de ficar mais tempo agarradinho.
Um estudo publicado no “The Journal of American Parenting”, jornal americano, comprova que o beijo da mãe funciona para as crianças e não é apenas um tipo de placebo.

Para a comprovação científica sobre o beijo da mãe ser capaz de curar, 248 crianças foram pesquisadas, todas com um detalhe em comum, tinham algum machucado causado enquanto brincavam, por queda ou por atrito em algum lugar. O beijo da mãe funcionou para todos, tal qual um bálsamo de analgésico.

A equipe de pesquisadores da Universidade de Pittsburgh ficaram satisfeitos com os resultados, cem por cento dos filhos que buscaram nos pais apoio para amenizar as feridas, passaram a se sentir bem com o beijo da mãe e o colo do pai, quando este estava presente.

As evidências científica comprovaram algo que na prática todas as mamães sabem, por isso instintivamente beijam e abraçam os filhos na intenção de fazer diminuir a dor.

Por sua vez, as crianças aprendem a entender que os super poderes das mães não são como os dos super-heróis que lançam raios, erguem uma tanque usando apenas uma das mãos, mas em casa é o que resolve sem precisar de tanta força externa, apenas da maior força do mundo, o amor de uma mãe.

Escrito por Pedro Machado

Apaixonado por marketing digital, colunista em diversos sites e páginas do facebook. Trabalhando como redator autônomo há mais de 5 anos. Contato: pmachado303[email protected]