Família divulgou mensagens trocadas entre advogada morta e melhor amiga: “Tenho muito medo”

Dias atrás, a família da advogada Tatiane Spitzner divulgou o conteúdo das mensagens trocadas entre ela e sua melhor amiga, que não teve a identidade revelada. Nas mensagens, Tatiane revela que esta com medo e confessa para a amiga que vinha apanhando do marido. Em suas palavras, ela chega a dizer que o marido sentia “ódio mortal” por ela.

Tatiane conta para a amiga detalhes de como estavam suas últimas semanas com o marido. “Ele não encosta em mim, ta tomando bomba, mudou completamente, não conheço a pessoa que tenho do meu lado. Grosseiro, estúpido, falou que tem ódio mortal de mim”, desabafou a advogada. A amiga de Tatiane então aconselha: “manda esse cara ir embora”.

Infelizmente, o conselho não foi suficiente e depois de brutalmente espancada, Tatiane acabou morta ao cair do 4º andar do prédio em que vivia com Luís Felipe Manvalier, com quem estava há cinco anos. A polícia ainda investiga se Luís jogou Tatiane do prédio ou provocou a queda. A defesa de Luís Felipe afirma que as mensagens estão fora de contexto e que o casal era “feliz”. Manvalier afirma que não jogou a esposa da sacada, mesmo assim foi indiciado pelo crime de feminicídio.

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

As imagens fazem parte de um pedido da defesa para que a prisão de Luís Felipe seja mantida, até agora ele esta preso apenas preventivamente. Para a família, a liberdade de Luís Felipe coloca em risco não apenas a investigação como também a integridade física e mental de testemunhas e familiares.

A defesa de Luís Felipe questiona a validade das imagens e afirma que as mensagens só podem ser admitidas como prova se o celular onde foram trocadas passe por perícia, “sem tal procedimento, as mensagens não passam de informações fora de contexto e sem valor legal”.

Tatiane Spitzner foi encontrada morta em seu próprio apartamento depois que vizinhos chamaram a polícia para conter uma briga entre ela e o marido, Luís Felipe. Quando a polícia chegou, Tatiane estava morta e Luís fugia para fora do país. Imagens de câmeras de segurança revelaram que antes da morte da advogada, ela apanhou brutalmente do marido e seu corpo, já sem vida, foi arrastado da rua até o apartamento do casal.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE