Família irá processar hospital após idosa de 81 anos ressuscitar dentro da sala de autópsia, o funeral já estava sendo preparado

A família foi informada que a idosa não havia resistido, a morte ocorreu por volta das 1:10 da madrugada.

A funcionária de um hospital na Rússia, tomou um baita susto ao encontrar uma idosa que havia sido dado como morta pelos médicos, viva próxima a mesa de autópsia.

O caso aconteceu no dia 14 de agosto, a idosa Zinaida kononova de 81 anos, algumas horas após os médicos terem decretado sua morte, estava viva fora da mesa de autópsia, a ressurreição aconteceu durante a noite.

PUBLICIDADE

Segundo o Jornal Local, a idosa estava no hospital realizando uma operação para remover uma obstrução que tinha no intestino, segundo o relato dos médicos ela não resistiu e a declaração do óbito foi entregue pelo hospital.

A família foi informada que a idosa não havia resistido, a morte ocorreu por volta das 1:10 da madrugada no dia 14 de agosto, os familiares começaram a planejar o funeral, mas no dia seguinte logo cedo uma funcionária que iniciava o plantão, tomou um grande susto quando viu a idosa no chão tentando se levantar.

PUBLICIDADE

Os paramédicos que correram até o local, disseram que ouviram a funcionária dizer para idosa ter calma e se deitar que iriam ajudá-la, os colegas pensaram que ela tinha ficado louca estava falando sozinha, quando chegaram dentro da sala de autópsia também ficaram assustados ao ver a idosa viva.

A idosa foi levada para dentro do hospital para os cuidados intensivos, os profissionais da saúde ligaram para os familiares que já estavam organizando o funeral e falaram com eles, que uma situação inusitada havia acontecido, a idosa estava viva.

A sobrinha de Zinaida contou que todos foram para o hospital, estavam felizes pela notícia, mas se perguntavam como isso pode acontecer.

A equipe médica questionada pela família admitiu que levaram a idosa uma hora após decretada a morte, sendo que devem esperar 2 horas. Os familiares irão processar o hospital.

 

Escrito por Informe Cl

Colunista de notícias dedicada a escrever artigos de qualidade sobre saúde, TV, notícias de grande repercussão, notícias gospel e demais assuntos.