Família que não acreditou no diagnóstico de Covid-19 nega ter aberto o caixão e disse que não foram informados que era coronavírus, 5 pessoas foram infectadas

Familiares da mulher que morreu com coronavirus na Bahia negam ter aberto o caixão e revelam que a prefeitura liberou o velório.

Os familiares da idosa de 77 anos que morreu com diagnóstico de coronavirus em Cairu que fica no sul da Bahia negaram que o caixão tenha sido aberto no momento do sepultamento.

A família disse que a prefeitura da cidade liberou o velório dizendo que não havia suspeita de contaminação pela Covid-19, no entanto a prefeitura nega e disse que avisou os familiares que a idosa estava infectada.

PUBLICIDADE

De acordo com os familiares a idosa que se chamava Nilzete Porfiria dos Santos Souza era moradora do distrito de Gamboa em Cairu. Ela teve febre no domingo e foi levada por parentes a uma unidade de saúde onde foi avaliada por uma médica que fez o diagnóstico de princípio de pneumonia ou infecção urinária.

A médica prescreveu medicamento para idosa e pediu que ela voltasse na quinta-feira. No dia marcado pela médica os familiares levaram a idosa novamente com piora do quadro temperatura e pressão elevadas.

PUBLICIDADE

Depois de ser atendida no posto pela médica novamente a idosa foi transferida para o hospital municipal e lá acabou falecendo.

A família disse que ninguém avisou que a idosa estava com suspeita de coronavirus. De acordo com as informações o corpo da idosa foi liberado na mesma quinta-feira, a funerária teve contato com o corpo da idosa, arrumou tudo para o velório e liberou o corpo com caixão fechado.

A idosa poderia ser vista apenas por um vidro fechado. Também disseram o único momento em que o caixão esteve aberto foi quando uma funcionária da funerária que estava paramentada arrumou o corpo dela, na presença da neta da idosa que também usava luva e máscara.

A família da idosa disse também que o caixão foi lacrado na funerária e eles disseram que não poderia ser aberto e que a família respeitou a decisão e não abriu o caixão, no entanto cinco pessoas que estiveram presentes no velório da idosa testaram positivo para a Covid-19.

 

Escrito por Informe Cl

Colunista de notícias dedicada a escrever artigos de qualidade sobre saúde, TV, notícias de grande repercussão, notícias gospel e demais assuntos.