Fascinado por Breaking Bad, químico brasileiro começa a fabricar drogas sintéticas mas a história não termina bem

Com apenas 27 anos de idade, o engenheiro químico Rafael Fuller era o líder da organização criminosa. Ele conseguiu um galpão onde instalou a fábrica. O laboratório, no entanto, foi descoberto pela polícia e Fuller acabou detido.

Uma fábrica clandestina de drogas descoberta no interior de Santa Catarina vem agitando a região. Um químico, fascinado pela história da série de tv norte-americana Breaking Bad, começou sua própria fábrica de drogas. Assim como o personagem da ficção, o brasileiro sonhava em conseguir dinheiro fácil. Mas a sua história não terminou bem.

PUBLICIDADE

Com apenas 27 anos de idade, o engenheiro químico Rafael Fuller era o líder da organização criminosa. Ele conseguiu um galpão onde instalou a fábrica. O laboratório, no entanto, foi descoberto pela polícia e Fuller acabou detido. Ao todo, seis integrantes do bando foram presos na operação, em flagrante.

PUBLICIDADE

A metanfetamina é uma droga sintética que pode ser cheirada, fumada ou injetada. Muito popular em festas com concentração de pessoas, como raves, essa droga, também conhecida como cristal, costuma fornecer a falsa sensação de felicidade e satisfação em seus usuários. Outra características da metanfetamina é sua capacidade em tornar o usuário viciado ou dependente. O efeito dessa droga no organismo pode durar até 24 horas, mas geralmente dura de 6 a 8 horas.
Muitos usuários contam que bastou um uso para que a dependência começasse. O tratamento para o combate ao uso de metanfetamina pode durar a vida toda e, geralmente, envolve o uso de remédios para controlar a abstinência.

É uma droga típica de festas como raves e baladas, mas também pode estar presente em outros ambientes e atinge pessoas de todas as faixas etárias. A exemplo de outras drogas, a metanfetamina é de uso, fabricação e comércio proibidos em território brasileiro (e também em vários outros países).

No Brasil, o uso de metanfetamina é probido até para o desenvolvimento de outras drogas. Seu potencial no organismo se assemeha ao da cocaína, por seu poder de destruíção. Entre os usuários ela é conhecida como Ice, Tina, Meth, cocaína de pobre, Speed ou cristal, entre outros. Metanfetamina é uma droga sintética (ilícita), ou seja, uma substância psicoativa de ação estimulante do sistema nervoso central.

A ação da metanfetamina como estimulante do Sistema Nervoso Central se dá pela liberação de dopamina, noradrenalina e serotonina (neurotransmissores), sendo os efeitos mais comuns: euforia, diminuição do apetite, do sono e da fadiga, estado de alerta aumentado, alterações da libido e emoções intensificadas. O uso constante leva a rápida dependência e a necessidade de aumento das doses, devido à tolerância a sua ação.

Escrito por Pedro Machado

Apaixonado por marketing digital, colunista em diversos sites e páginas do facebook. Trabalhando como redator autônomo há mais de 5 anos. Contato: [email protected]