Filhos cavam a cova da mãe por falta de coveiros em cemitério de Magé

A prefeitura da cidade emitiu um comunicado oficial sobre o caso

Devido à falta de funcionários em um cemitério da cidade de Magé, localizada na  Baixada Fluminense, os familiares dos mortos precisaram cavar as covas em que eles seriam enterrados.  Esse foi o caso de quarto irmãos que haviam acabado de perder a mãe.

De acordo com informações publicadas pelo G1, o caso em questão aconteceu ainda na última quinta-feira (18). Uma filmagem do momento em que os quatro cavavam a sepultura acabou ganhando notoriedade e uma das filhas da mulher aproveitou a ocasião para fazer cobranças às autoridades competentes de Magé.

PUBLICIDADE

Assim, durante a sua fala ela mostrou a sua indignação caracterizando a falta de funcionários e o fato de que ela e os irmãos precisaram cavar a cova da mãe como uma “pouca vergonha”. Ela ainda destacou que o caso em questão aconteceu no Cemitério II da Vila Esperança.

https://www.youtube.com/watch?v=h5l2Pp2ozvw&ab_channel=Di%C3%A1riodaAmaz%C3%B4nia

PUBLICIDADE

Posteriormente, ela ainda afirmou que não existia um coveiro e afirmou que a sua mãe estava sendo tratada “pior do que um cachorro” pelos responsáveis pelo cemitério. Ainda em tom de indignação, ela destacou que toda essa situação era bastante triste.

De acordo com um comunicado da Prefeitura de Magé, o fato em questão aconteceu porque o gestor do cemitério citado havia liberado os coveiros da unidade para o horário de almoço. Ainda de acordo com a nota em questão, toda a equipe do local foi exonerada dos seus cargos devido a esse caso.

 

Escrito por Redator News Hero

Sou especialista em notícias da TV, fofocas de famosos e acontecimentos em geral. Também escrevo sobre acontecimentos no meio político.