Foto do suspeito tirada por jovem assassinada ajuda a polícia a encontra o responsável pelo crime

Mariana Bazza enviou a fotografia para o seu namorado minutos antes de desaparecer

A jovem Mariana Bazza, de apenas 19 anos de idade, desapareceu depois de sair de uma academia localizada na cidade de Bariri (SP). Na ocasião de seu desaparecimento, a jovem recebeu ajuda de um estranho para realizar a troca de pneus do seu carro. Durante a troca, Mariana enviou uma foto do homem, que se tornou suspeito do crime, para o seu namorado e para alguns familiares.

De acordo com as autoridades responsáveis pela investigação, o envio da fotografia foi um dos últimos contatos entre Mariana e o namorado. Durante esse contato, a jovem contou a respeito do pneu furado e da ajuda.

A imagem em questão desempenhou um importante papel na investigação do crime, uma vez que ajudou a polícia a identificar Rodrigo Pereira Alves, de 37 anos, como o possível autor do assassinato da jovem. Horas depois, ainda na noite da última terça-feira (24), Rodrigo foi preso em Itápolis.

Conforme informações fornecidas pelas autoridades, ele possui passagens anteriores pela polícia pelos crimes de estupro, extorsão e roubo.

Após ser capturado, Rodrigo indicou onde estava o corpo de Mariana. Entretanto, o homem negou ter matado a jovem e ainda declarou que uma segunda pessoa estaria envolvida no assassinato. Porém, para as autoridades, Rodrigo estava mentindo a respeito desse novo suspeito.

Escrito por Reginaldo Ribeiro Teodoro

Sou especialista em notícias da TV, fofocas de famosos e acontecimentos em geral. Também escrevo sobre acontecimentos no meio político.