Ganhador da loteria é preso após despejar 10 toneladas de esterco na casa do ex-patrão? Saiba a verdade

Um funcionário resolveu se vingar de seu ex-patrão de uma maneira hilária, verdade ou mentira?

Uma notícia viralizou nas redes sociais nos últimos dias, de acordo com vários sites de todo o mundo, um homem ganhou uma fortuna na loteria e resolveu se vingar de seu ex-patrão em grande estilo.

Segundo as publicações o felizardo identificado como Brian Morris, de 54 anos, morador da cidade de Illinois, EUA, colocou no bolso US$ 125 milhões na loteria Powerball Multi-State, além da alegria de ter a vida financeira resolvida para sempre, ele também teria planejado uma vingança pra lá de macabra contra seu ex-patrão identificado como George Fitzgerald. Verdade ou mentira?

PUBLICIDADE

Ganhador da loteria é preso após despejar 10 toneladas de bost* na casa do ex-patrão? Saiba a verdade

Mas como aconteceu a suposta vingança? Brian teria comprado 10 toneladas de esterco e mandado entregar toda essa merd* na casa do ex-patrão, que foi acordado as seis da manhã com vários caminhões em seu imóvel despejando bost* em seu jardim. A polícia teria sido acionada e Brian detido, mas feliz da vida por ter se vingado em grande estilo de seu ex-chefe.
Seria uma vingança pra lá de hilária, contudo, causaria muito transtorno para a retirada de tanto esterco, concorda? Na verdade nenhum tipo de vingança sai ‘barato’ e o melhor mesmo é tentar resolver as desavenças na paz.

PUBLICIDADE

Trata-se de uma notícia falsa criada por um site de humor

Está história não é verídica, este caso foi criado pelo World News Daily Report, um site de sátiras que publica conteúdo “fictício”. Porém passou a ser divulgado em todo o mundo e acabou se tornando uma ‘fake News’ viral.

A foto do ganhador na verdade é um presidiário preso em 2014, em Illinois, por suspeita de dirigir sob a influência de álcool e não assédio relacionado com estrume de um ex-empregador. Veja a noita do World News Daily Report:

“O World News Daily Report assume toda a responsabilidade pela natureza satírica dos seus artigos e pela natureza fictícia do seu conteúdo.

Todos os personagens que aparecem nos artigos deste site – mesmo aqueles baseados em pessoas reais – são inteiramente fictícios e qualquer semelhança entre eles e qualquer pessoa, viva, morta ou morta-viva, é puramente um milagre”.

 

Escrito por Pedro Machado

Apaixonado por marketing digital, colunista em diversos sites e páginas do facebook. Trabalhando como redator autônomo há mais de 5 anos. Contato: [email protected]