Governo anuncia péssima notícia aos beneficiários do programa bolsa família

A informação foi fornecida por consultores e técnicos da equipe financeira do Presidente da República.

Atualmente, o programa bolsa família é responsável por ajudar financeiramente mais de 13,9 milhões de famílias por todo o Brasil, principalmente as mais necessitadas.

No ano passado, por meio de uma medida provisória editada pelo atual presidente da republica Jair Bolsonaro, as famílias beneficiadas puderam contemplar do 13º salário do programa, de acordo com a promessa de campanha de Jair Bolsonaro.

PUBLICIDADE

De acordo com informações de consultores e técnicos da equipe financeira do Presidente da República, nesse ano de 2020, o décimo terceiro subsídio familiar deverá deixar de ser pago.

A MP foi lançada em 2019 e previa apenas o 13º pagamento no ano de criação, e sua pontualidade estipula que apenas um pagamento seja feito.

PUBLICIDADE

Em 2020, o governo federal tomou medidas para invalidar a medida provisória, por sua vez, o objetivo da oposição é tornar permanente o 13º para os beneficiários do programa bolsa família Além disso, discute-se a extensão do 13º ao BPC (Benefício de Prestação Continuada).

Para que os beneficiários recebam o subsídio familiar, o governo federal precisará editar os novos parlamentares, caso contrário, enviará um projeto de lei à Assembleia Nacional para padronizar o 13º lugar no programa.

Com base nas informações de um dos técnicos da equipe financeira, esse assunto ainda não foi debatido. Um dos motivos é que, no caso de assistência de emergência, o subsídio do beneficiário é superior ao subsídio familiar médio.

Segundo ele as pessoas teriam recebido pelo menos o valor de R$ 600 reais por no mínimo uns 5 meses, um valor superior ao bolsa família, valor que equivale a um 14º e a um 15º.

Escrito por Margareth Santos

Gosto de dedicar uma parte do meu tempo levando noticias e informações através de matérias relacionadas a tudo, inclusive de saúde, culinária, famosos e do mundo da maternidade.