Governo atrasa o pagamento do Benefício Emergencial aos trabalhadores que tiveram salário reduzido

Um posicionamento teve que ser tomado

Os empregados que tiveram a sua jornada de trabalho reduzida ou também aqueles que tiveram os seus contratos suspensos em decorrer da pandemia do novo coronavírus, relataram que as parcelas do beneficio emergencial (Bem) estão sofrendo atrasos, que foi criado pelo governo federal para poder compensar a parte do salário que foi reduzido.

Alguns dos pagamentos foram adiados pelo menos umas 4 vezes somente no mês de maio.

O pagamento da primeira parcela do beneficio deveria ser depositado um mês após a empresa informar o acordo que foi feito com o empregador ao ministério da economia. Mas, isso não vem acontecendo por causa de falhas no sistema.

PUBLICIDADE

Alem desses problemas, o pagamento para os trabalhadores intermitentes (que são os trabalhadores que estão sem jornada de trabalho ou o salário fixo) também estão sofrendo atrasos. O grupo desses trabalhadores deveriam ter recebido a segunda parcela do beneficio ate esta ultima segunda-feira, o que ainda não foi realizado.


Escrito por V Guimarães

Colunista de todos os assuntos, como tv, famosos, culinaria, medicina, filmes, series, saude, bem-estar, lazer. Gosto de todos os assuntos