Homem mata menino de 4 anos porque ele não parava de chorar ao ver o padrasto agredindo sua mãe

O homem desferiu vários golpes de faca contra o menino.

Um garoto de 4 anos morreu ao ser ferido pelo padrasto em Santo Antônio de Jesus na Bahia, Miguel Martins Pita Costa foi morto após o padrasto tentar matar a sua mãe e por não conseguir fazer o menino parar de chorar, cometeu o crime.

Manuela Silva Costa Martins, mãe de Miguel ficou gravemente ferida, foi internada no Hospital em Salvador, mas resistiu.

PUBLICIDADE

O acusado de cometer esse crime bárbaro foi Edilton Araújo Andrade estudante de direito, ele também ficou ferido na discussão e foi levado para o Hospital Regional de Santo Antônio de Jesus e foi preso em flagrante.

A polícia disse que Edilton não se arrependeu do que ele fez, de tentar matar a companheira e de tirar a vida de uma criança de apenas 4 anos, ele apenas falava que a esposa o havia traído, a polícia está investigando o caso, para descobrir a verdadeira motivação do assassinato e porque desferir 20 golpes de um objeto pontiagudo no menino.

PUBLICIDADE

O Ministério da Saúde contabiliza que a cada quatro minutos uma mulher é agredida, grande parte das agressões são em casa, por uma pessoa conhecida, mais de 100 mil casos são registrados por ano de violência contra mulher, podendo ser uma agressão psicológica, física.

Para alguns psicólogos, a violência contra mulher é uma violência de repetição, pode acontecer primeiramente um tapa, um empurrão, um gesto de constrangimento, as pessoas que estão dentro de um relacionamento podem identificar quando o parceiro é agressivo.

Escrito por Informe Cl

Colunista de notícias dedicada a escrever artigos de qualidade sobre saúde, TV, notícias de grande repercussão, notícias gospel e demais assuntos.