Homem que se diz profeta de Deus entra em jaula de leões e é atacado

No zoológico metropolitano na cidade de Santiago, no Chile, um jovem sem roupas chocou a todos após invadir a jaula dos leões.

O rapaz, identificado como franco Luis Ferrada Román ficou gravemente ferido após agarrar os leões.

Assim que entrou na jaula ele retirou suas roupas e começou a pular na frente dos leões e a cantar “muito apocalípticos e muito religiosos”. Ele foi então atacado pelos leões que começaram a arrasta-lo para dentro da toca.

PUBLICIDADE

De acordo com a imprensa chilena e testemunhas que estavam no local na hora do acontecimento, relataram que o jovem estava bastante alterado. Para conter o ataque a esquipe do zoológico teve que sacrificar os leões para salvar o rapaz.

“Devido às circunstâncias e em primeiro lugar visando proteger a vida dessa pessoa, nos encontramos obrigados a aplicar todos os nossos protocolos de segurança”, disse a declaração do zoológico.

A diretora do zoológico disse que a decisão de atirar nos animais foi uma forma de preservar a vida do homem, já que tranquilizantes demoram cerca de 4 min para fazer efeito.

PUBLICIDADE

Os funcionários do zoológico demonstravam grande tristeza pelo ocorrido, já que consideram todos os animais do zoológico como família.

Os leões estavam no zoológico há 20 anos e a diretora lamenta por terem perdido um macho e uma fêmea nesta ocasião.

Dentro já jaula, nas roupas do rapaz, os policiais encontraram uma carta que estava assinada pelo rapaz como “Jesus” e dizia qe Deus iria protegê-lo.  Segundo testemunhas, ele se intitulava profeta “O jovem tinha uma carta. Não sei se seria categorizada como uma nota de suicídio. Era muito cristã e tinha desenhos de leões. Ele era os leões nos desenhos, com coisas que diziam: ‘Eu sou o Leão.'”

PUBLICIDADE

Uma ONG local, conhecida como Animais Lebres, não concordaram com a atitude tomada pelo zoológico de terem sacrificado os leões e organizaram um abaixo-assinado para que o governo feche o local.

A ONG emitiu uma nota sobre o ocorrido: “Estes acontecimentos terríveis não ocorreriam se centenas de animais não estivesse em cativeiro em zoológicos que existem em todo o mundo. As vidas de outros animais também são importantes e esperamos que tais eventos lamentáveis como este ajudem a aumentar a consciência sobre a situação injusta dos animais presos para o nosso entretenimento, e nos façam refletir sobre os nossos hábitos”.

 

 

PUBLICIDADE