Idosa de 74 anos morre após ser abusada pelo filho adotivo

Idosa de Sabará foi abusada pelo próprio filho

Na cidade de Sabará região metropolitana de Belo Horizonte, um homem de 37 anos abusou da mãe de 74 anos e da irmã de 35, em decorrência das complicações fisiológicas a mãe do homem não resistiu e faleceu.

Segundo informações o filho adotivo depois de cometer os abusos ameaçou a mãe e a irmã para não denunciar.

PUBLICIDADE

De acordo com a Polícia Civil, a filha da idosa criou coragem e denunciou os crimes praticados pelo irmão adotivo.

Segundo a corporação a idosa havia flagrado o homem abusando da própria irmã que tem síndrome de Down, a mulher revoltada disse que iria entrega-lo para a polícia.

PUBLICIDADE

O homem já havia praticado crimes de abuso contra a própria mãe de 74 anos e uma outra irmã também havia sido vítima do autor e sempre ameaçavam mãe e irmã para que não fosse denunciado.

A irmã criou coragem foi na delegacia para denunciar os crimes do irmão ela disse na delegacia que já havia sofrido abusos pelo irmão, mas não sabia que a mãe e a outra irmã que tem Síndrome de Down também passavam pela mesma situação.

Ela criou coragem foi a delegacia para denunciá-lo, os policiais iniciaram investigação e prender o suspeito.

Bruno Affonso delegado juntamente com a inspetora Daniele Goulart, enviaram o mandado de prisão para o suspeito, as irmãs passaram por exame clínicos e infelizmente a mãe de 74 anos não resistiu devido a complicações psicológicas e fisiológicas.

 

Escrito por Informe Cl

Colunista de notícias dedicada a escrever artigos de qualidade sobre saúde, TV, notícias de grande repercussão, notícias gospel e demais assuntos.