Idosa sofre infarto e morre no meio da rua após se assustar com a fuga de um cachorro

O caso repercutiu entre os moradores locais que afirmaram que o ocorrido foi uma fatalidade.

Na terça-feira, dia 16 de fevereiro, uma mulher de cerca de 70 anos morreu após um infarto em uma rua do Conjunto José Abrão, bairro de Campo Grande, localizado no Mato Grosso do Sul. O caso repercutiu entre os moradores locais que afirmaram que o ocorrido foi uma fatalidade.

A mulher não teve a sua identidade divulgada, tem o costume de criar gatos. Os vizinhos até disseram à agência de notícias Campo Grande que ela passou parte da aposentadoria cuidando deles. Na terça-feira, quando um cachorro grande saiu de uma casa na rua, a mulher ficou chocada.

PUBLICIDADE

Um homem de 59 anos disse que quando isso aconteceu, ele estava conversando com a senhora, o homem disse que ela ficou preocupada que o cachorro atacasse o gato dela, e até pegou um pedaço de madeira, para tentar proteger o felino.

Segundo ele, o cachorro não teria tentado um ataque, mas a mulher estava bastante preocupada com essa possibilidade, o que a teria deixado bem nervosa.

PUBLICIDADE

Qualquer pessoa neste lugar ficaria nervosa com esta situação também. O vizinho disse que foi para casa buscar um copo d’água para acalmar a senhora.

No entanto, quando ele voltou, a mulher estava deitada no chão. Foram acionados o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência e também o Corpo de Bombeiros.

Quando a equipe de resgate chegou ao local, a mulher já estava morta. Esta não seria a primeira vez que o mesmo cachorro foge dessa residência.

A senhora que adora animais não resistiu à tensão daquele momento. Antes de morrer, ela conseguiu deixar o gato que poderia ser atacado pelo cão em proteção. A morte da senhora deixou a todos os vizinhos bastante perturbados.

Escrito por Margareth Santos

Gosto de dedicar uma parte do meu tempo levando noticias e informações através de matérias relacionadas a tudo, inclusive de saúde, culinária, famosos e do mundo da maternidade.