Idoso foge do Asilo para nao morrer pelo coronavirus, “Deus salve todos vocês, a minha hora ainda não chegou”. Diz o idoso

 

Após a morte de sua esposa Rafael decidiu ir para um asilo por sua própria vontade pois lá estaria com pessoas de sua idade. Sua família foi totalmente contra essa decisão, e pediu para que ele fosse morar na casa de um deles, mas ele negou dizendo que não queria incomodar.

 

As notícias que seis pessoas havia morrido era apenas um resumo da verdadeira situação que estava acontecendo no asilo. Desde o início da pandemia, 22 pessoas morreram, O primeiro foi enviado para um hospital no início do mês. Quando espalhou a notícia das mortes no asilo de Monte Hermoso, foi enviado um sinal de emergência em toda Espanha de que algo muito sério estava acontecendo.

 

A filha de Rafael ligou para o asilo por três vezes perguntando se alguém tinha morrido com coronavírus, mas eles negaram dizendo que não,

” Nem eu nem o meu pai acreditamos no que eles falaram, e no outro dia ele fugiu pela porta da frente onde eu estava esperando no carro para levá lo para casa.

 

Antes de sair, ele se despediu da recepcionista, “uma garota muito educada”. Ele também conheceu o diretor do asilo, e se despediu com elegância: “Deus salve todos vocês, a minha hora ainda não chegou”. Não quero morrer da mesma forma que meus companheiros. “Apesar de eu estar com quase 90 anos, e com pernas fracas, tenho a cabeça em boas condições, não quero morrer como meus companheiros, sozinhos e sofrendo.

Via: elpais.com

Escrito por Shirley Silva

Sou colunista de noticias, de famosos, tv, receitas, politicas e testemunhos e mensagens, reflexoes. Buscamos sempre o melhor, para que as notcias chega a tempo para todos.