Inacreditável, mãe Joga filha e outro bebê pela janela da maternidade ao saber que a criança era especial

A mulher disse que pensou que ninguém iria amar sua filha especial.

Um caso inacreditável aconteceu em Namangan no Uzbequistão onde uma mãe jogou dois bebês pela janela da maternidade a uma altura de 5 m. A mulher que foi identificada como D.Kn tem 23 anos e teria jogado sua própria filha e outro bebê recém-nascido pela janela da Maternidade.

Tudo aconteceu à noite no momento em que os enfermeiros dormiam em serviço. Os médicos haviam informado para mãe que sua filha era uma bebê especial e esse teria sido o motivo pelo qual a mãe jogou a filha de uma altura de 5 m, ela não queria uma criança especial.

Os médicos informaram a ela que a criança possuía uma deficiência e que não era saudável, a mãe então pensou que ninguém iria amar sua filha por ela ser uma criança especial e então decidiu cometer o crime bárbaro.

A mulher jogou também outro bebê recém-nascido, uma criança saudável que não era seu filho na tentativa de encobrir o crime e para que ninguém descobrisse que o motivo seria porque sua filha era especial.

No momento em que tudo aconteceu os enfermeiros que estavam de plantão estavam dormindo em serviço e somente uma hora depois descobriram o que havia acontecido com os bebês.

Escrito por Cláudia Lm

Colunista de notícias dedicada a escrever artigos de qualidade sobre saúde, TV, notícias de grande repercussão, notícias gospel e demais assuntos.